AMAL promove ações de formação destinadas a Operadores de Brigadas de Aeródromos

Foram cerca de 60 os participantes nas duas ações realizadas durante o mês de maio, no âmbito do projeto CILIFO – Centro Ibérico de Investigação e Combate aos Incêndios Florestais

Habilitar os formandos com conhecimentos que lhes permitam identificar entidades, regulamentos e riscos associados aos aeródromos e às aeronaves, assim como cumprir os procedimentos de segurança e salvamento perante acidentes com aeronaves, no desempenho da função de Operador de Serviço de Brigadas de Aeródromo, foram os objetivos da primeira ação, intitulada “Recertificação em Segurança Operacional para Operador de Serviço de Brigadas de Aeródromo”, dirigida a quem já tinha formação inicial e desejava atualizar e aperfeiçoar os seus conhecimentos nesta área. Já a segunda ação, designada “Certificação em Segurança Operacional para Operador de Serviço de Brigadas de Aeródromo”, destinou-se à formação inicial.

Concluídas as formações, os mais de 60 formandos, todos da região do Algarve, estão agora capacitados para identificar as entidades aeronáuticas nacionais e internacionais; cumprir a regulamentação aplicável a esta área; reconhecer as partes que constituem uma aeronave; identificar os riscos da atividade em aeródromos; cumprir os procedimentos de segurança durante a operação de aeronaves e reconhecer e executar os procedimentos de salvamento e combate a incêndios em aeronaves.

As seis turmas (4 turmas na primeira ação, com 42 participantes e 2 turmas na segunda, com 19 participantes) foram unânimes na apreciação global da iniciativa, tendo sido avaliada como “muito boa”, no que respeita ao programa, organização e aplicabilidade dos conteúdos aprendidos.

O CILIFO é um projeto de cooperação transfronteiriça que dispõe de 24,6 milhões de euros de investimento, financiados pela União Europeia em 75% através do fundo FEDER, e um período de execução de, inicialmente, três anos (2019-2021), agora prorrogado até 2022, devido à pandemia. No âmbito do projeto CILIFO, do qual a Comunidade Intermunicipal do Algarve é uma das entidades parceiras, está a ser trabalhada, na Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia, a celebração de protocolos e procedimentos conjuntos com o objetivo de se alcançar uma execução mais eficaz na área da prevenção e extinção de incêndios florestais.

O CILIFO, aprovado pelo programa Interreg POCTEP (2014-2020) Espanha-Portugal, enquadra-se no Objetivo Temático 5 do programa, que promove a adaptação às alterações climáticas.

PUBLICIDADE