COVID – 19 – Na última semana foram registados mais 12 óbitos no Algarve, onde também aumentou o número de pessoas infetadas e de doentes internados

Há um mês, os concelhos de Faro, Loulé e Portimão são os mais atingidos pela pandemia nesta região. E desta vez, o concelho de Alcoutim é o que tem menos contaminados.

O concelho de Faro, com 1.446  casos ativos  (mais  505 do que na semana passada, a  05/05/2022)  passou a ser aquele que tem maior número de pessoas infetadas no Algarve, segundo o relatório semanal da Comissão de Proteção Civil desta região, no processo da Covid-19, apresentado na sexta-feira, dia  13  de Maio de 2022 e tendo como base os dados da Administração Regional de Saúde do Algarve, recolhidos até ao dia anterior, 12/05/2022.

Aquele município substituiu, assim, nessa posição, o concelho de Loulé, que agora registou  1.270  casos ativos   (um acréscimo de  162  face à passada semana), enquanto o concelho de Portimão, com  1.205  (mais   346)  se manteve  em terceiro lugar entre os maiores afetados pela pandemia na região algarvia.

Como tal, pela oitava semana consecutiva, ou seja, há dois meses, os concelhos de Faro, Loulé e Portimão continuam a ser os que contam com mais quantidade de pessoas contaminadas por Covid-19. Em situação inversa está, desta vez, o concelho de Alcoutim ao contabilizar  63 casos ativos  (menos   16  em comparação com a passada semana).

Subiu     para     44     o    número     de    doentes     em    enfermarias    de    hospitais.   E  passou    a    estar     apenas    um    nos   Cuidados   Intensivos,   enquanto    que   há   quatro    semanas   sem    registo    de      ventilados   

Entretanto, no mesmo relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil do Algarve, com a apresentação de “dados até às 24:00 horas do dia  12  de Maio de 2022” referentes à Situação Epidemiológica na Região,  foram registados com Covid-19 em enfermarias dos hospitais   44   doentes  (mais   três  do que há uma semana,  a  05/05/2022)  e   01  em  Cuidados Intensivos  (estavam ali dois). Isto, numa altura em que continua a não haver doentes internados ventilados, de acordo com aquele documento. Ou seja, 0  (zero)  é a informação há quatro semanas nessa situação. 

Perante esses dados, e após duas semanas com descidas, agora subiu o número de doentes hospitalizados, que passou de  43   para  45  no Algarve.

Autoridades     de    saúde   contabilizaram,   no   Algarve,    8.185     casos   ativos,   pelo   que   houve    um   acréscimo    de   1.747    pessoas    com    Covid-19    na   última    semana.   Na    mesma   altura   faleceram    12    doentes    e    2.627    ficaram    recuperados

Baseado também na Administração Regional de Saúde do Algarve e contendo igualmente “dados até às  24:00  horas do  dia   12   de  Maio  de 2022”, o relatório da Situação Epidemiológica na região assinalou, pela segunda semana consecutiva, uma subida de casos ativos  para   8.185 , o que corresponde a  mais  1.747  pessoas infetadas  no espaço de sete dias. E durante o mesmo período foram registadas  mais   2.627 recuperações  (3.149  há uma semana). Por isso, no Algarve, o cumulativo  desde o início da Covid-19, a 06 de Março de 2020,  atingiu  167.864   recuperados.

CASOS ATIVOS E RECUPERADOS POR CONCELHO NA REGIÃO DO ALGARVE – 12 MAIO 2022

Por outro lado, houve  mais 12  óbitos  (na semana passada  foram dois) associados a esta pandemia. Como tal,  desde 06 de Março de 2020, já  morreram  779   doentes nesta região.   

No   Domicílio,   por    precaução,   permaneceram    8.141    cidadãos,    e    em   Vigilância   Ativa    2.470,   o   que    em    ambas   as     situações     representa    uma   subida   de    casos    

De referir, ainda, que o último relatório semanal da Situação Epidemiológica na Região do Algarve indicou   2.470   pessoas   em Vigilância  Ativa (mais   748), a cargo das autoridades de saúde e de Proteção Civil, ao mesmo tempo que  8.141  (mais   1.744)  permaneceram no Domicílio  por precaução.

Desde que o novo coronavírus apareceu, a 06 de Março de 2020, o cumulativo de casos de infeção confirmados  atingiu  176.828 no Algarve, enquanto já foram contabilizados 1.273.256 casos infirmados, isto é, sem Covid-19, após testes levados a efeito.

Assim, como balanço, na última semana a pandemia voltou a provocar vítimas nesta região, com mais óbitos,  maior número de casos ativos, ou seja, de pessoas ainda infetadas, ultrapassando as oito mil, e mais doentes hospitalizados. O aspeto positivo é que, na altura em que foi divulgado este relatório sobre a Situação Epidemiológica no Algarve, não havia internados ventilados. Já os recuperados foram menos do que na semana anterior.

Paulo Silva

José Manuel Oliveira

PUBLICIDADE