COVID – 19 – Menos doentes hospitalizados, menor número de óbitos e mais infeções foram os principais registos, na última semana, das autoridades de saúde do Algarve

Pela    sétima    consecutiva,    os   concelhos    de    Loulé,    Faro    e    Portimão   continuam    a     ser    os    que    têm   mais    pessoas    infetadas.   E   agora    é    o   concelho    de    Castro     Marim     que     conta    com    menos    casos    ativos

O relatório semanal da Comissão de Proteção Civil da Região do Algarve, no âmbito da Covid-19, divulgado na sexta-feira, 06 de Maio de 2022, com base em dados da Administração Regional de Saúde do Algarve, no dia anterior, 05 de Maio de 2022, indicou  1.108  pessoas  na altura contaminadas no concelho de Loulé  (o mesmo número de há uma semana, a  28/04/2022), mantendo-se, assim, o mais afetado por esta pandemia, seguido, desta vez, pelo  concelho de Faro,  com  941  casos ativos,  a que correspondem mais 79. O terceiro concelho mais atingido pelo vírus no Algarve  é agora o de Portimão, ao apresentar, no dia 05/05/2022, o registo de   859  infetados, ou seja, menos  21 numa semana.

Deste modo, os concelhos de Loulé, Faro e Portimão continuam com mais casos ativos nesta região há sete semanas consecutivas.

Já o concelho de Castro Marim passou a ser o que tem menor número de pessoas com Covid-19,  agora  65   (menos  09 do que na semana anterior).

Número    de    internados    com   Covid-19    em    enfermarias    de   hospitais    algarvios    desceu    para     41,    numa    altura    em     que    estão     dois   nos   Cuidados    Intensivos.    Como ventilados    não    existe   qualquer      doente     há    três    semanas 

Por outro lado, este relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil do Algarve, com “dados até às 24:00 horas do dia 05 de Maio de 2022” sobre a  Situação Epidemiológica na Região,  apontou   41   doentes   internados  em  enfermarias  dos hospitais, com Covid-19  (menos  12  face à semana passada,  a  28/04/2022),  a que se juntam   02  nos  Cuidados Intensivos  (mais  01).  E a  0  (zero), há três semanas, permanece a área de Internados Ventilados. Assim, voltou a descer pela segunda semana consecutiva o número de doentes internados em hospitais do  Algarve, ao passar de 54 para um total de 43.

Estão    registados    6.438     casos   ativos    nesta    região    do    sul     país,   o    que    corresponde,   no    espaço    de    sete    dias,   a   mais   126    indivíduos    contaminados.   Isto,   num    período    durante    o    qual      3.149    foram   dados    como    curados     da   pandemia    e    ocorreram    dois    óbitos

CASOS ATIVOS E RECUPERADOS POR CONCELHO NA REGIÃO DO ALGARVE – 05 MAIO 2022

Também segundo aquele documento, com “dados até às  24:00  horas do  dia   05   de  Maio  de 2022”, desta vez foi registada, numa semana, uma subida de casos ativos, que passou para  6.438 (um acréscimo de  126), ao mesmo tempo que  mais  3.149 pessoas conseguiram a recuperação  (na semana passada foram 2.542 a esse nível). Como tal, desde o início da Covid-19, a 06 de Março de 2020, ascende  a  165.237  o cumulativo de  recuperados no Algarve.

Enquanto isso, foram registadas mais duas vítimas mortais  (na passada semana houve oito) com esta doença. Por isso, o total de óbitos desde 06 de Março de 2020, em consequência do novo coronavírus, eleva-se a  767.  

Aumentou     para    1.722     o   número     de     pessoas    sob    Vigilância    Ativa     e    para    6.397,  por    precaução,   no    Domicílio.  Desde   o    início    da    pandemia,    a    06   de   Março   de   2020,    no    Algarve    já    foram     confirmados    172.442    casos    de   infeção  

Entretanto, a nova Situação semanal Epidemiológica na Região do Algarve assinalou  6.397  pessoas, por precaução, no Domicílio (mais   138),  e  1.722  (mais  525)  em Vigilância Ativa por parte das autoridades de saúde e de Proteção Civil.

Em cumulativo, desde o início da pandemia, a 06 de Março de 2020, já houve  172.442  casos de infeção confirmados e  1.268.215 casos infirmados (sem Covid-19, após a realização de testes) no Algarve.

Na última semana, nesta região destaca-se como balanço o facto de terem sido registados menos doentes hospitalizados com o novo coronavírus  (nenhum deles ventilado) e apenas dois falecimentos associados a esta doença, enquanto que, desta vez, foi assinalado um aumento do número de casos ativos, embora ligeiro, traduzido num total de mais de seis mil pessoas infetadas nesta altura.

Paulo Silva

José Manuel Oliveira

PUBLICIDADE