Seminário “Dieta Mediterrânica contou com a participação da CCDR Algarve

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) da Região do Algarve, através da Vice-Presidente Elsa Cordeiro, participou no seminário “Dieta Mediterrânica: uma abordagem multidisciplinar na promoção de uma visão comum”, promovido pela Universidade do Algarve, através do Centro de Investigação MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento.

Tendo como principal objetivo promover a Dieta Mediterrânica como um conceito multidisciplinar, agregador de diferentes valências, que vão desde o território, à alimentação e aos diferentes estilos de vida, esta iniciativa de cooperação territorial decorreu no âmbito do projeto MD.net: When Brand Meets People, cofinanciado pelo Programa Interreg Med, o qual é liderado pela Região da Campania, com sede em Nápoles (Itália) e conta com 12 parceiros de 9 países do sul da Europa, estando a Universidade do Algarve representada pelo MeditBio – Centro de Investigação para os Recursos Biológicos e Alimentos Mediterrânicos e pelo CRIA – Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia.

Declarada a 4 de dezembro de 2013 como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, a Dieta Mediterrânica (DM) é caracterizada por um conjunto de práticas, conhecimentos, rituais, símbolos e tradições relacionadas com a cultura, paisagem, estilos de vida e formas tradicionais de trabalho.

O reconhecimento da DM, como uma identidade integradora das diferentes civilizações das regiões do mediterrâneo, representa igualmente um enorme potencial na valorização e crescimento socioeconómico destes territórios. No entanto, devido à ausência de conhecimento, alguns territórios rurais destas regiões carecem ainda de mecanismos para a promoção e salvaguarda da DM, como imagem de marca.

É neste contexto que este projeto pretende atuar, reforçando o papel da DM, como uma oportunidade de responder às necessidades socioeconómicas destas comunidades mais fragilizadas, seguindo a Convenção sobre a Dieta Mediterrânica da UNESCO.

O seminário contou com as participações de Anabela Romano, docente da Universidade do Algarve, que efetuou a apresentação do projeto, e Filipe Barata, docente da Universidade de Évora, que dissertou sobre “A Dieta Mediterrânica, uma especialização inteligente”. Na segunda parte, decorreu a apresentação do livro The Mediterranean Diet: Fostering a Common Vision Through a Multidisciplinary Approach, por Alexandra Gonçalves, docente da Universidade do Algarve, e da Med Diet Declaration, por Natacha Coelho, investigadora da Universidade do Algarve.

PUBLICIDADE