Tavira – Prisão preventiva por violência doméstica

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Especificas (NIAVE) de Faro, no dia 31 de março, deteve um homem de 79 anos por violência doméstica, no concelho de Tavira.

No decorrer da investigação os militares apuraram que o suspeito injuriava, agredia e ameaçava de morte a sua esposa, de 79 anos, impedindo-a de trabalhar e controlando todos os seus movimentos. Mais recentemente, verificou-se um escalar da violência física e psicológica, não só dirigida à vítima como também aos filhos, apesar de não coabitarem.

No seguimento das diligências policiais foi dado cumprimento a um mandado de detenção, o suspeito foi presente, no dia 1 de abril, a 1.º interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Faro, sendo aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

PUBLICIDADE