Falcão, Portugal e Batista assinam primeiras vitórias portuguesas do 12.º Loulé Open

Jornada inaugural do torneio de 25.000 dólares

Gonçalo Falcão, Afonso Portugal e Ricardo Batista estrearam-se com vitórias na 12.ª edição do Loulé Open, torneio internacional de 25.000 dólares organizado pelo Clube de Ténis de Loulé com os apoios da Câmara Municipal de Loulé e da Federação Portuguesa de Ténis.

No primeiro dia de torneio, Gonçalo Falcão — 1415.º classificado no ranking ATP e único jogador luso entre os cabeças de série — registou um triunfo autoritário (6-0 e 6-1) frente ao wild card norte-americano Dhruva Mulye para marcar encontro com Mikel Martínez, espanhol que venceu o português Henry Salonen por 6-0 e 6-0.

De forma convincente avançou ainda Ricardo Batista, que justificou o convite que lhe foi entregue pela organização ao superar o espanhol David Muñoz por 6-1 e 6-2. O próximo adversário do jovem português de 18 anos será Alberto Barroso Campos, espanhol que defende o estatuto de primeiro cabeça de série do qualifying e venceu o israelita Ben Weintraub por 6-0 e 6-3.

Afonso Portugal teve pela frente um encontro mais equilibrado, mas impôs-se ao compatriota André Stewart por 7-6 e 6-3 para completar o trio de representantes lusos apurados para a segunda de três eliminatórias. Na segunda-feira vai ter pela frente Joshua Paris, 13.º pré-designado que impôs os parciais de 6-4 e 6-3 a Miguel Gomes.

Nos restantes encontros da jornada, Illia Stoliar, Martim Simões, Tiago Sousa, Rodrigo Beires, Tomás Tenil, Miguel Simão, Guilherme Silva, Tomás Martins, Bernardo Teixeira e William Binnie não conseguiram seguir em frente e despediram-se do Loulé Open.

PUBLICIDADE