Loulé – Pulseira eletrónica por violência doméstica

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Faro, no dia 26 de janeiro, deteve um homem de 53 anos por violência doméstica, no concelho de Loulé.

No seguimento de uma investigação de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, que já havia sido condenado pelo mesmo tipo de crime contra as mesmas vítimas, continuava a infligir maus-tratos físicos e psicológicos contra a sua mãe e a sua irmã. Foi possível apurar-se ainda que o agressor tentava extorquir dinheiro à sua mãe para satisfazer a sua dependência no álcool, agredindo-a e ameaçando-a de morte.

No decorrer das diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado que culminou na detenção do homem.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Faro, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos por qualquer meio com as vítimas, proibição de frequentar e de permanecer a menos de 300 metros da residência das vítimas, controlado por pulseira eletrónica, e sujeição a consulta de despiste à sua dependência alcoólica.

PUBLICIDADE