Francisca Jorge e Matilde Jorge estreiam-se em finais internacionais no Loulé Open

SPrimeira final das irmãs vimaranenses enquanto parceiras

Favorita Tan lidera grupo de semifinalistas

A primeira edição do Loulé Open feminino vai contar com representação portuguesa numa das finais, depois de Francisca Jorge e Matilde Jorge terem garantido o apuramento para a decisão de pares da prova internacional de 25.000 dólares que o Clube de Ténis de Loulé organiza pela primeira vez. Nos singulares, o elenco das meias-finais é liderado pela francesa Harmony Tan.

Lado a lado em torneios do circuito internacional pela quarta vez, Francisca Jorge (21 anos) e Matilde Jorge (18 anos) garantiram a presença na final ao derrotarem as primeiras cabeças de série, Marina Bassols Ribera e Olga Parres Azcoitia, por 6-3 e 6-1.

A vitória desta sexta-feira foi a terceira da semana para as duas irmãs de Guimarães, que melhoraram o resultado de há oito dias, em Lisboa (semifinalistas), e assim garantiram a primeira presença numa final internacional enquanto parceiras.

Campeãs nacionais da variante em 2018 e 2019, Francisca Jorge e Matilde Jorge vão discutir o título com a grega Despina Papamichail e a sérvia Natalija Stevanovic, segundas pré-designadas que superaram Tina Cvetkovic e Pia Lovric por 6-1, 3-6 e 10-8.

Para Francisca Jorge, em cima da mesa está a possibilidade de conquistar o oitavo título internacional da carreira (e terceiro do ano) em pares, enquanto Matilde Jorge tentará, à primeira final, erguer o primeiro troféu de campeã.

Nos singulares, o elenco de semifinalistas é liderado por Harmony Tan. Atualmente na melhor classificação da carreira (119.ª WTA), a tenista francesa de 24 anos superou a sérvia Natalija Stevanovic (259.ª) por 6-3 e 6-4, em 2h04, para se colocar a um passo de disputar mais uma final em solo português, um mês depois de se ter sagrado vice-campeã do ITF de 60.000 dólares + H das Caldas da Rainha.

Nas meias-finais, Tan terá pela frente a compatriota Chloe Paquet (171.ª WTA e terceira pré-designada), que foi autoritária e afastou a suíça Simona Waltert (262.ª) por 6-0 e 6-4.

Na metade inferior do quadro, a presença na final será discutida entre a australiana Ellen Perez (236.ª) e a bielorrussa Anna Kubareva (318.ª).

Treinada pela portuguesa Maria João Koehler, ex-número 102 WTA que esta sexta-feira celebrou o 29.º aniversário, a australiana (que na variante de pares ocupa o 44.º lugar do ranking mundial) superou a espanhola Marina Bassols Ribera (294.ª) por 6-3, 5-7 e 6-2.

Já Anna Kubareva, interrompeu a boa semana da qualifier Angela Fita Boluda (468.ª) e com os parciais de 6-2, 3-6 e 6-4 depois de 2h30 também seguiu em frente.

As meias-finais de singulares do Loulé Open Ladies acontecem a partir das 11 horas deste sábado no Court 1, enquanto a final de pares está marcada para as 12 horas no Court 2.

PUBLICIDADE