Ventania cultural do “BEZARANHA” anima o verão algarvio e traz novidades na primeira quinzena de julho

Com o intuito de valorizar o território e apoiar os artistas e a cultura local, os “Ventos que vêm por bem”, trazidos pelo BEZARANHA, vão continuar a proporcionar aos algarvios e a todos aqueles que visitem o sul do país uma programação cultural diversificada.

O projeto cultural que reúne a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve, os 16 municípios algarvios e a Direção Regional da Cultura prossegue, nos primeiros 15 dias de Julho, o desígnio de promover o território algarvio e a itinerância entre concelhos.

Numa fase em que os eventos já começam a acontecer de forma presencial, a programação pretende continuar a dinamizar o turismo e fomentar a cultura algarvia. Para isso, há uma agenda diversificada e que promete dar um novo impulso à dinâmica cultural da região. Exposições, workshops, concertos e atividades ambientais são apenas alguns dos exemplos.

A iniciativa Geo Palcos vai proporcionar espetáculos musicais em Loulé (“Moçoilas”, na Fonte da Benémola) e, em Albufeira, percursos pedestres, os “Caminhos da Poesia” e uma Instalação – tapeçaria de Vanessa Barragão. Ainda em Loulé, o público pode observar um desfile animalesco, com ênfase na fusão da fauna atual do geoparque com a extinta. A arte urbana está em destaque em Lagos, com a simbiose perfeita entre a história e modernidade.

Na primeira quinzena de julho, Vila Real de Santo António vai ser palco da exposição multidisciplinar “2 Margens – As Conserveiras”, que nasce da vontade de dar maior visibilidade à arte, à cultura e aos trabalhos dos artistas da região do Baixo Guadiana. As escavações arqueológicas voltam a Cacela Velha com as “Caminhadas Culturais”, assim como os “Concertos d´Encanto” na Fortaleza. O concelho de Silves vai, ao som das harpas e do canto, sensibilizar para a natureza ambiental.

À distância, o município de Olhão, através do Facebook da autarquia, prepara-se para oferecer animação aos internautas com a iniciativa “Dança em Casa”.

Quem quiser saber mais sobre estas e outras iniciativas, pode acompanhar o vendaval cultural na página do FB do projeto e assim ficar a par de tudo o que está ou vai acontecer.

PUBLICIDADE