Incêndio simulado na Mexilhoeira Grande foi cenário para treinar bombeiros de todo o Algarve

No passado sábado, dia 5 de junho, teve lugar um simulacro de incêndio de grandes dimensões na freguesia da Mexilhoeira Grande, concelho de Portimão, que constituiu o cenário para treinar bombeiros de toda a região algarvia e testar a sua capacidade operacional.

O importante exercício, de que Portimão foi o município anfitrião, desenrolou-se com base num quadro fictício de condições adversas, propicio à rápida propagação de incêndios rurais, com temperaturas elevadas, terreno sinuoso e baixa humidade relativa do ar.

Este treino operacional do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) do Algarve visou o aprontamento para o período de maior empenhamento que se avizinha e que coincide com o aumento do risco de incêndio.

A escolha, de entre os locais identificados no recentemente atualizado Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI) com maior perigosidade de incêndio no concelho, representou um desafio às reconhecidas competências dos diversos atores nos níveis de coordenação, comando e controlo do dispositivo operacional dos bombeiros, bem como dos mecanismos de sustentação logística da Proteção Civil Municipal.

Com um balanço considerado “muito positivo” no que concerne ao processo de lições aprendidas, os soldados da paz algarvios passaram por seis exercícios setoriais que permitiram experiências em contexto formativo e que abordaram temas como a aplicação de protocolos de segurança no combate a incêndios rurais, comunicações de emergência, condução fora de estrada, técnicas e manobras de extinção de incêndios em espaços naturais, sendo ainda replicados cenários extremos que desfiaram as competências das mais de três dezenas de chefes de equipa participantes.

PUBLICIDADE