Tavira: Desidério Lázaro e Osmose no Tavira Primavera D’Artes

No seguimento do programa Tavira Primavera D’Artes decorre, no dia 22 de maio, pelas 21h30, em Santo Estêvão, com transmissão via Facebook do Município, as atuações de Desidério Lázaro e Osmose.

Desidério Lázaro, reconhecido saxofonista português, aventura-se num projeto a duo com composições originais, desta feita com o consagrado pianista Daniel Bernardes.

O seu oitavo álbum STILLNESS IN TIME, relata as sensações vividas, em período de confinamento.

Osmose é um projeto algarvio que surgiu em 2015. Esta banda, formada por Luís Conceição,  Valter Estevens, Pedro Parreira, Bruno Maié e Kush Lescrooge, é o reflexo de uma pluralidade de influências musicais que se combinam de forma efetiva e inesperada.

O seu novo trabalho “Profecias” é uma aposta na realização de uma discografia de raízes, essencialmente, portuguesas.

Integram a programação deste ciclo 32 projetos artísticos do concelho nos campos da música, poesia, dança, artes visuais e multidisciplinares, 18 associações culturais sedeadas em Tavira, cerca de 330 interpretes, de entre ranchos folclóricos, grupos corais e banda filarmónica, bem como outros interpretes/artistas em formatos mais reduzidos e ainda várias itinerâncias.

O objetivo prioritário do Tavira Primavera D´Artes é apoiar os projetos artísticos do concelho, envolvendo a comunidade artística local, promover a fruição cultural e divulgar o seu vasto património, valorizando-o.

+ Info: www.bezaranha.pt

PUBLICIDADE