Câmara Municipal de Aljezur volta a apoiar e a reforçar os apoios aos dispositivos dos Postos de Vigilância e Socorro nas Praias de Aljezur – Verão 2021

Na presença da experiencia e dos condicionamentos do verão 2020 e pela força da Lei 24/2020 de 25 de maio, que
veio implementar e regrar o regime excecional e temporário acerca da ocupação e utilização das Praias para a época
balnear do verão 2020, na presença ainda ativa da pandemia COVID-19, fica claro que se encontra ainda presente
uma realidade fortemente condicionada, não só da utilização da praia pelos veraneantes mas também da
manutenção de um conjunto de medidas adicionais, que irão mais uma vez representar um acréscimo de
responsabilidades e de preocupações/ações que ficam na dependência dos “operadores no espaço praia”. À
imagem do ano anterior, acrescem esta ano, as dúvidas sobre a estabilidade económica e dinâmica empresarial
para este verão de 2021.


A realidade vivida no verão de 2020 não deverá apresentar grande divergências para o presente ano, traduzindose mais uma vez, num ano de decréscimo na receita em relação ao ano anterior. Acresce para o presente ano, uma
dificuldade já de certa forma sentida em ano anterior, com a necessidade de alojar estes profissionais, oriundos na
sua maior parte de outras zonas do País ou mesmo de outros Países, o que inevitavelmente obriga a cedência de
alojamento. A vida humana em toda a sua dimensão, a segurança e sobretudo um forte sentimento de confiança
que o município de Aljezur tem vindo a transmitir tem de permanecer forte e inabalável.


Alias todo o trabalho efetuado neste contexto ao longo dos últimos anos, na afirmação do destino turístico de
excelência e na sua valorização continua, obriga a um reforço da afirmação da qualidade da oferta, da confiança do
utente e consumidor de modo a dinamizar a e reforçar a economia local. Esta mensagem que muito bem foi dada
no ano anterior e que resultou do esforço dos operadores antes de mais, teve no Município um parceiro
fundamental. Refira-se o apoio à contratação de nadadores salvadores, a própria contratação efetuada pelo
município para praias de uso balnear sem concessão, mas também o esforço adicional dos colaboradores, que de
forma constante e incansável, garantiram a limpeza e desinfeção de instalações sanitárias e higienizações do espaço
públicos junto às mesmas.


Traduzido na responsabilidade de assegurar ao nível de cada praia o dispositivo de vigilância e socorro para o
presente ano (2021), o Município aprovou o valor de apoio de 75% do valor total do encargo com o vencimento
líquido de cada Nadador Salvador, até ao limite máximo de novecentos euros, que façam parte do efetivo do
sistema de vigilância e socorro da praia da qual sejam titulares, até ao máximo de um dispositivo de três.
O apoio será concedido para o período da época balnear do presente ano, que deverá ser compreendido entre 1
de junho e 30 de setembro do corrente. Ainda foi aprovado a possibilidade de empréstimo de equipamentos para
implementação dos postos de vigilância e socorro ou para complemento de faltas nos existentes.
Esta é mais uma medida de apoio, à economia local, apoiando os concecionários, e contribuindo para a segurança
e confiança no Verão e em Praias Seguras.

PUBLICIDADE

Mais Artigos