Três rapazes e uma rapariga, de nacionalidade alemã, feridos ao caírem de cima do telhado de um pavilhão, onde brincavam, em Barão de São Miguel, no concelho de Vila do Bispo

Telhado  acabou  por  desabar com  o  peso  dos adolescentes que caíram  de  cerca  de cinco  metros  de   altura. Helicóptero  proveniente  de  Évora  vai transportar dois  feridos  graves  para uma  unidade  hospitalar.

Quatro adolescentes de nacionalidade alemã, com idades compreendidas entre 14 e 16 anos, segundo apurou o Litoralgarve, ficaram feridos, nesta quinta-feira, à tarde, após o desabamento do telhado do pavilhão da Sociedade Recreativa de Barão de São Miguel, no concelho de Vila do Bispo, para o qual subiram e estavam a brincar. Uma imprudência que acabou por acabou por colocar em polvorosa esta pacata aldeia do barlavento algarvio.

“Estavam a brincar, subiram para o telhado e caíram de uma altura equivalente a um primeiro andar, cerca de quatro ou cinco metros”.

De acordo com as primeiras informações prestadas ao Litoralgarve pelo presidente da Junta de Freguesia de Barão de São Miguel, Alberto Encarnação, os feridos são “três rapazes e uma rapariga, de 14 e 16 anos, filhos de famílias estrangeiras residentes” nesta zona do concelho de Vila do Bispo. Ao que se sabe, “estavam a brincar, subiram para o telhado e caíram de uma altura equivalente a um primeiro andar, cerca de quatro ou cinco metros. O telhado, com telhas lusalite, não aguentou o peso e acabou por desabar”, contou o autarca, numa altura em que os feridos estavam a ser assistidos.

        DIREITOS         RESERVADOS

Dois   feridos   graves   e  dois   ligeiros

Segundo apurou o Litoralgarve, há dois feridos em estado considerado grave e dois ligeiros. Neste momento, aguarda-se a chegada de um helicóptero proveniente de Évora, para transportar os feridos para um hospital.

O alerta foi recebido no Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), de Faro, tendo sido enviadas para o local do acidente, na aldeia de Barão de São Miguel, três ambulâncias de socorro dos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo e uma dos Bombeiros Voluntários Voluntários de Lagos; duas Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER), do Instituto Nacional Nacional de Emergência Médica (INEM), do Barlavento, e uma de Albufeira; uma ambulância Suporte Imediato de Vida (SIV) de Lagos, um Veículo de Socorro e Assistência Tática, de Vila do Bispo com quatro operacionais, duas viaturas da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Vila do Bispo, com quatro militares. No local, está a Proteção Civil de Vila do Bispo.

(em atualização)

Paulo Silva

José Manuel Oliveira

PUBLICIDADE