João Graça lidera o partido CHEGA no Algarve até 2024 e aposta na candidatura em todos os concelhos nas próximas eleições autárquicas

Foi eleito presidente da Comissão Política Distrital de Faro  por  144  votos, ao encabeçar a lista  A  nas  eleições para os órgãos deste partido que tiveram lugar num restaurante em Portimão, no sábado, dia  06/03/2021. No Algarve, onde o Chega conta com mais de um milhar de militantes, só quinhentos tiveram direito a voto e apenas 217  foram às urnas. Próximas eleições autárquicas são a grande aposta.

João Paulo da Silva Graça, de 47 anos e Oficial de Registos, como funcionário do Registo Civil de Vila do Bispo, concelho onde reside, foi eleito presidente da Comissão Política Distrital de Faro do Partido Chega para um mandato até 2024. Ao longo deste período de três anos, a sua liderança abrangerá, assim, as próximas eleições autárquicas, em Setembro ou Outubro de 2021, a grande aposta neste momento, e as legislativas, em 2023.

Nas eleições do partido no Algarve, realizadas no passado sábado, dia 06/03/2021, num restaurante em Portimão, a lista A, encabeçada por João Graça, até agora presidente interino da Comissão Política Distrital (ao substituir Jorge de Jesus, entretanto suspenso de funções pelo partido) venceu por 144 votos, enquanto que a lista B, liderada por José Eduardo Sousa, de Faro, alcançou 32. O Chega conta nesta altura com mais de 1.000 militantes no Algarve, mas apenas apenas 500 têm direito a voto. E desses, apenas 217 votaram nestas eleições.

Duas   mulheres   de   Loulé   como    vice-presidentes 

A Comissão Política Distrital de Faro tem a seguinte composição:

Presidente: João Paulo da Silva GraçaOficial de Registos

Vice-Presidente: Sandra Margarida de Melo Pereira Ribeiro

Mediadora Imobiliária, em Loulé

Vice-Presidente: Sandra Marisa Godinho de Oliveira e CastroDelegada Comercial, em Loulé

Adjunto: Marco Aurélio GonçalvesEngenheiro Civil

Adjunto: Delfim Renato da Silva MonteiroGestor, em Loulé

Adjunto: Francisco José Cristo da PalmaTécnico Oficial de Contas, em Vila Real de Santo António

Adjunto: Anaisa Pera Gonçalves – Jurista e professora

Tesoureiro: João Carlos Teixeira SimplícioDiretor Hoteleiro / Empresário, em Portimão

Secretário: António Ricardo Correia MoreiraEmpresário, em Olhão

Suplente: Filipe Manuel Duarte CarvalhoAgente de Seguros, em Aljezur

Suplente: Maria Manuela Agostinho Gomes CardosoBióloga Marinha

Mandatário / Responsável pela Comunicação: Hernâni Miguel da Encarnação Sousa (Lagoa) – Gestor Comercial, ‘Marketing’ e Comunicação

Delegado da lista: Carlos Miguel do Carmo NatalEmpresário  

Advogado José   Paulo   Sousa   venceu   a   eleição   para  o   Conselho   de  Jurisdição,  garantindo   três   membros    neste  órgão  da   Distrital  de  Faro

Para o Conselho de Jurisdição na Distrital de Faro, José Paulo Sousa (lista A) foi o vencedor, ao conseguir 171 votos, o que lhe permitiu eleger três membros neste órgão. Já a lista B, encabeçada por Ana Fonseca, obteve 41 votos, não tendo conseguido qualquer elemento para este órgão do Chega no Algarve.

É esta a constituição do Conselho de Jurisdição:

Presidente: José Paulo Barbosa Moreira de Sousa – advogado

Vice-Presidente: Luna Silva – advogado

Vogal: Aliaksei Karatsiuk, do leste europeu – advogado, residente em Albufeira

Suplente: Cecília Maria d’ Azevedo Campos Antunes de Faria– advogada

Delegado da lista: João António Vieira Teodoro – aposentado

Lista  de  Sandra   Castro   foi   a   mais   votada   para  a  III Convenção  Nacional  do  Chega, assegurando  a  presença   de   mais   de  duas  dezenas   de   delegados

Por outro lado, a lista A, liderada por Sandra Castro, delegada comercial em Loulé, obteve 142 votos na eleição de delegados à III Convenção do Partido Chega, para a qual “elege  21 delegados”, como refere o partido. A lista B, de Ana de Passos, de Faro, recolheu 31 votos, tendo conseguido quatro delegados. A III Convenção Nacional terá lugar no final do mês de Maio, em local ainda a designar.

Tomada   de   posse  dos  novos  dirigentes  será  no   sábado,  13   de   Março,  na   zona  do  Carvoeiro,   no   concelho   de   Lagoa,  e  o  Chega  aposta  em  apresentar   candidatos  a  todos  os  órgãos   autárquicos   nos   16   concelhos  algarvios

A tomada de posse dos novos dirigentes do Chega no Algarve, que contará com a presença dos representantes dos órgãos das concelhias, terá lugar no próximo sábado, dia 13 de Março, à tarde, no Vale d’ Oliveiras Quinta Resort & SPA, na zona de Carvoeiro, no concelho de Lagoa. Será o presidente da Assembleia Distrital, Carlos Tendeiro, advogado estagiário e guarda-noturno, em Lagos, que dará posse aos elementos agora eleitos. Na altura, haverá uma reunião com os responsáveis das concelhias, em que serão as definidas as prioridades do Chega nesta região. Para além da criação da sede distrital e organização interna, o partido aposta em apresentar “candidatos às câmaras e às assembleias municipais e às assembleias de freguesia nos 16 concelhos do Algarve”, como garantiu ao Litoralgarve o presidente da Comissão Política Distrital de Faro, João Graça. Os municípios de Faro, por ser a capital, Monchique, onde o partido ainda não tem concelhia, e Lagos, são, neste momento, prioritários.

André  Ventura   obteve  215   votos   no  Algarve

Já o deputado na Assembleia da República e jurista André Ventura alcançou  215  votos no Algarve , nesta sua recandidatura à presidência da Direção Nacional do Chega. André Ventura, que foi o único candidato, mantém-se na liderança do partido, tendo conquistado 97,3 por cento dos votos nestas eleições, realizadas em todas as distritais do país e convocadas após ter colocado o seu lugar à disposição, como tinha prometido, se ficasse atrás da socialista Ana Gomes na corrida para a Presidência da República, como sucedeu a nível nacional.

José Manuel Oliveira

PUBLICIDADE