Gastão Elias e Pedro Araújo nos quartos de final do Vale do Lobo Open Magnesium-K Active

Lourinhanense só sabe vencer em 2021 Lisboeta garantiu o melhor resultado da curta carreira

Gastão Elias e Pedro Araújo qualificaram-se, esta quinta-feira, para os quartos de final do quadro principal de singulares do Vale do Lobo Open Magnesium-K Active, o ITF de 25.000 dólares que a Premier Sports organiza com o apoio da Federação Portuguesa de Ténis. Devido à pandemia, e de acordo com as normas da Direção-Geral da Saúde, a presença de público não é permitida.

Número 379 do ranking ATP, Gastão Elias somou a sétima vitória em sete encontros realizados este ano (no primeiro torneio sagrou-se campeão em Vilhena, Espanha) ao aplicar os parciais de 6-1 e 7-6(3) sobre o qualifier austríaco Maximilian Neuchrist (653.º).

O encontro até podia ter ficado resolvido mais cedo, dado que o ex-top 60 ATP liderou por 5-2 na segunda partida, mas Elias não conseguiu segurar a vantagem e pouco depois a chuva interrompeu o duelo. Na retoma, já recomposto, o português de 30 anos esteve praticamente irrepreensível e selou a vitória no “tira-teimas” do segundo set.

Para os quartos de final seguiu igualmente o jovem Pedro Araújo, que voltou a vencer para alcançar o melhor resultado da carreira em torneios do circuito internacional — e logo numa prova de 25.000 dólares.

O lisboeta, atual campeão nacional de sub 18, esteve praticamente irrepreensível no duelo com o qualifier francês Vincent Stouff (1086.º), que venceu por 6-1 e 6-3 em apenas 1h27.

Nos quartos de final, Pedro Araújo vai defrontar Lucas Poullain, que venceu Max Andrews por 6-1 e 7-6(4), enquanto Gastão Elias terá como adversário o esloveno Tomas Lipovsek Puches (616.º), que surpreendeu o primeiro favorito, Maxime Hamou (362.º), por 6-0, 1-6 e 6-4.

As restantes vagas nos quartos de final do Vale do Lobo Open Magnesium-K Active foram preenchidas pelo mexicano Luis Patino e os franceses Evan Furness, Antoine Escoffier e Kenny de Schepper.

A fechar a jornada, Gonçalo Falcão prolongou a representação portuguesa na variante de pares, graças a um triunfo por 7-5 e 7-6(2) ao lado de Tomas Lipovsek Puches, com quem derrotou Luchas Gerch e Peter Goldsteiner para chegar às meias-finais. Segue-se a dupla formada por Alen Avidzba/Kristjan Tamm.

PUBLICIDADE