Sociedade

COVID-19 – ALGARVE JÁ TEM 843 CASOS ATIVOS, 36 DOEN-TES INTERNADOS, QUATRO DELES NOS CUIDADOS INTENSIVOS, ENQUANTO QUE 1.240 PESSOAS ESTÃO CURADAS E 1.322 CONTINUAM SOB VIGI-LÂNCIA DAS AUTORIDADES DE SAÚDE

Numa semana, registaram-se  168  novos casos de Covid-19 no Algarve e  mais  86  pessoas   estão  recuperadas, indica o  relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro,  baseado nos dados fornecidos pela Delegada de Saúde Regional,  Ana Cristina Guerreiro,  e atualizado às 23:59 horas, de  14 de Outubro de 2020.  E  numa altura em que há 36 doentes hospitalizados, subiu  para  24   o  total  de óbitos em valor acumulado desde o início da pandemia, nesta região, com mais duas vítimas mortais, em Portimão.

A região do Algarve já conta com  843  casos  ativos  de  Covid-19, segundo o relatório semanal contendo o ponto de situação epidemiológica,  apresentado pela Delegada de Saúde Regional, Ana Cristina Guerreiro, durante a conferência de imprensa quinzenal que teve lugar na quinta-feira, dia 15/10/2020, nas instalações do Comando Regional de Emergência e Proteção Civil, em Loulé.

Tal situação, num quadro “atualizado às 23:59 horas, de 14 de Outubro de 2020”, equivale a um acréscimo de 80 casos ativos em comparação com a Situação Epidemiológica do Algarve, na passada semana. Por outro lado, existem 2.107 casos confirmados de Covid-19 em termos cumulativos, desde o início da pandemia, nesta região, o que significa que no espaço de uma semana surgiram mais 168 pessoas infetadas. Já o boletim da Direção-Geral da Saúde, igualmente divulgado no dia 15/10/2020, aponta 2.080 casos confirmados em valores acumulados no Algarve.

HÁ    1.240    PESSOAS      CURADAS     DA    COVID-19      NESTA     REGIÃO

O relatório semanal, divulgado pela  Delegada de Saúde Regional do Algarve, aponta, também,  1.240   pessoas  já  recuperadas, em total cumulativo, desde o início da pandemia, o que representa mais 86 face à semana anterior. Existem, por outro lado,  1.322  contactos em vigilância ativa, ou seja menos  210  indivíduos nessa situação.

MAIS      DOIS      ÓBITOS     EM    PORTIMÃO  

Igualmente no espaço de uma semana,  mais  4.523   pessoas no Algarve tomaram conhecimento do resultado negativo aos testes efetuados para despistagem do novo coronavírus. Como tal, agora ascende  a   97.988   o total acumulado de casos infirmados, isto é, que não se confirmaram como estando contaminados. Em relação ao número de óbitos apontado pela Delegada de Saúde Regional do Algarve, Ana Cristina Guerreiro,  subiu para  24  (mais  dois e ambos com residência em Portimão).  Por outro lado, há   36   doentes   (mais nove)   hospitalizados,   quatro    deles  em  Unidades  de Cuidados Intensivos   (menos um).

EIS   O    NOVO   QUADRO    DA   SITUAÇÃO    EPIDEMIOLÓGICA    NO   ALGARVE

É este o ponto de Situação Epidemiológica no Algarve, divulgado em conferência de imprensa no dia 15/10/2020, na sede do Comando Regional de Emergência e Proteção Civil do Algarve, em Loulé, pela Delegada de Saúde Regional, Ana Cristina Guerreiro, num quadro “atualizado às 23:59 horas, de 14 de Outubro de 2020”:

– Número de casos ativos  (atual)  –  843

  (mais  80   do   que  o  indicado no boletim da passada semana e divulgado no dia 09/10/2020)

–  Número de casos confirmados  (cumulativo) –  2.107

   (mais    168    do  que  na  semana passada, no dia 09/10/2020)

–  Número de casos infirmados  –  97.988

   (mais    4.523   do que na semana passada no dia 09/10/2020)

– Número de internados   –   36

  (mais   9   do que na passada semana, no dia  09/10/2020)

– Número de internados em Unidades de Cuidados Intensivos –  4

  (menos  1  em comparação com a semana passada, a

  09/10/2020)

–  Número de altas   (valor  cumulativo)   –   124

   (mais  5   em comparação com a passada semana, no dia

   09/10/2020)

–  Número de contactos em vigilância ativa   –   1.322

   (menos   210    do  que na semana passada, a  09/10/2020)

–  Número   de   óbitos   (cumulativo)   –   24

   (mais  2  em comparação com a passada semana, no

   dia 09/10/2020)

–  Número  de  casos  novos   nas  últimas  24h.   –   26

   (menos   10    em comparação com o indicado no boletim da semana passada, a  09/10/2020)

– Número   de   casos    recuperados   (cumulativo)  –  1.240

  (mais     86    do  que na passada semana, no dia  09/10/2020) 

–  Percentagem   de    recuperados   –   58,85  %

   (menos    0,67    por  cento  do  que na semana passada, a

   09/10/2020)

ALBUFEIRA   E    LOULÉ    SÃO   OS    CONCELHO    DO     ALGARVE    COM     MAIS     INFETADOS ,    159    E   134,    RESPETIVAMENTE.    LAGOS   TEM   80    E   VILA    DO    BISPO   9  

Desta vez, o relatório semanal da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, datado de 15/10/2020 e contendo a Situação Epidemiológica na Região do Algarve, incluiu os casos ativos por concelho, até às “23:59 do dia 14 de Outubro de 2020”, com base na Delegada de Saúde Regional, Ana Cristina Guerreiro. São estes os valores apresentados:

–  ALBUFEIRA   –  159

–  ALCOUTIM  –  14

Por outro lado, é esta a informação da Câmara Municipal de Alcoutim, na sua página na rede social ‘Facebook’, no dia 14/10/2020:

17   casos ativos confirmados

22   em vigilância

  3   recuperados

  0   óbitos

 ALJEZUR

A informação disponibilizada pela Delegada de Saúde Regional indica: “Notas metodológicas: Por motivos de confidencialidade, quando os casos ativos confirmados são inferiores a 3 os valores não são apresentados”.

Entretanto, segundo apurou o Litoralgarve, em Aljezur, na quinta-feira à tarde, dia 15/10/2020, existiam apenas situações consideradas suspeitas.

CASTRO  MARIM  –   32   casos  ativos

Já no dia 14/10/2020, a  Câmara Municipal de Castro Marim  indicou o seguinte:

 31  casos ativos confirmados

 56  em vigilância 

   6  recuperados

   0  óbitos

–   FARO   –    73   casos   ativos  

–  LAGOA    –   29    casos   ativos

–  LAGOS    –   80   casos   ativos

LOULÉ    134   casos    ativos 

– MONCHIQUE

Também em relação a este concelho, o relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, tendo como fonte a Delegada de Saúde Regional do Algarve, informa: “Notas metodológicas: Por motivos de confidencialidade, quando os casos ativos confirmados são inferiores a 3 os valores não são apresentados”.

Ao que se sabe,   no concelho  de  Monchique mantêm-se dois casos ativos confirmados.

–  OLHÃO   –    37

PORTIMÃO      74   casos   ativos

Já a Câmara Municipal de Portimão, no ponto de situação da Covid-19 no concelho, a 13/10/2020, apresentou este quadro:

70    –   casos  ativos (mais  um  em  comparação com o seu anterior boletim, no dia 12/10/2020. Trata-se de uma mulher, de nacionalidade portuguesa e residente em Portimão, segundo a autarquia).

225  –   total cumulativo de casos confirmados  desde o início da pandemia   (mais um caso)

151  – total de recuperados   (sem alteração)

4  óbitos  (mais uma vítima mortal).

Entretanto, após a divulgação  deste boletim, registou-se mais um óbito em Portimão, elevando, assim, para cinco o total de mortes ocorridas neste concelho, devido à Covid-19. Desta vez, a vítima foi um utente do Lar Diogo Gonçalves, do Centro de Apoio a Idosos, situado na Alameda da Praça da República, nesta cidade. Faleceu no Hospital do Barlavento, a 14/10/2020, após ter dado ali entrada no dia anterior, com diversos problemas graves de saúde e e o teste à Covid-19 a indicar resultado positivo. Perante essa situação, todos os funcionários daquele lar de idosos, em Portimão, foram submetidos ao teste para despistagem do novo coronavírus.

SÃO  BRÁS   DE   ALPORTEL  –   7    casos   ativos  no  dia 14/10/2020, segundo a Delegada de Saúde Regional;

ZERO  casos   no   dia  15/10/2020,  de  acordo  com  a autarquia

Depois do boletim elaborado pela Delegada de Saúde Regional, Ana Cristina Guerreiro, ter apresentado sete casos ativos neste concelho do sotavento algarvio, a Câmara Municipal de São Brás de Alportel, no seu relatório diário sobre a situação epidemiológica da Covid-19, no município, a 15/10/2020, divulgou este quadro:

0   casos  ativos

7  em  vigilância    (mais um em comparação com o boletim do dia anterior, 14/10/2020)

20   recuperados   (mais sete)

1  óbito  (registado há meses)

21 –  total acumulado de casos confirmados desde  10/03/2020

–   SILVES   –   31   casos   ativos

TAVIRA      70     casos   ativos

Entretanto, no dia 15/10/2020,  a Câmara Municipal de Tavira apresentou este ponto de situação no seu concelho:

124    casos  confirmados  em valor acumulado desde o início da pandemia  (mais   dois  casos em comparação com o anterior boletim, divulgado no dia 13/10/2020)

63    casos  ativos  (menos  cinco) 

95    em  isolamento  (menos  11)

61   recuperados  (mais  sete)

0  óbitos

–   VILA    DO    BISPO    –   9  casos  ativos

VILA   REAL   DE   SANTO   ANTÓNIO  –   91    casos   ativos

Entretanto, a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, ao apresentar o ponto de situação epidemiológica no concelho, a 15/10/2010, na sua página na rede social ‘Facebook’, anotou:

66    casos  ativos  (menos   26  em  comparação  com  o  dia  anterior,  14/10/2020)  

47     contactos   em   isolamento  profilático   (vigilância)  –  (mais  seis)

61     recuperados   (mais   26)

2   óbitos  (sem  alteração)

ESTÃO    AGORA     ACIONADAS      TRÊS     ZONAS    DE     APOIO    À     POPULAÇÃO,  NOS    CONCELHOS   DE   VILA    DO    BISPO,    PORTIMÃO    E    CASTRO    MARIM,   E      UM    CENTRO  DE     ACOLHIMENTO,   EM   TAVIRA,    PARA    QUARENTENA  /   ISOLAMENTO    PROFILÁTICO

Já em relação a instalações de retaguarda no Algarve,  para prevenção, preparação e resposta neste processo da pandemia do novo coronavírus,  mantêm-se  37  estruturas  a  servirem de    Zonas  de   Apoio  à   População   (ZAP) nos 16 concelhos e validadas pelas autoridades de saúde, com capacidade de um   total  de    2.036   camas,  destinadas a Isolamento Profilático, Quarentena e Reserva Social (neste caso para apoio a lares de idosos). Estão acionadas   três   Zonas de Apoio à População nos municípios de  Vila do Bispo, Castro Marim e Portimão  e  um Centro de Acolhimento, em Tavira, para quarentena/isolamento profilático. Assim, comparativamente ao relatório da passada semana, foi acionada mais uma Zona de Apoio à População, desta vez em Castro Marim.

715   CAMAS     DISPONÍVEIS     EM    16   HOTÉIS    E    INSTALAÇÕES     MILITARES

No tocante a  unidades  hoteleiras  e  militares   em  reserva, continuam disponíveis, em todos os concelhos da região algarvia, 16  estruturas, com a capacidade de  715   camas.

Por outro lado, como temos referido noutras edições, o Pavilhão do Sporting Clube Farense  mantém  a disponibilidade de 50  camas  em  apoio ao Hospital de Faro, para doentes Covid.  Enquanto isso, o Pavilhão Desportivo Municipal da Penha, situado na capital algarvia, e o espaço de multiusos Portimão Arena, no Parque de Feiras e Exposições, nesta cidade, encontram-se preparados  para uma eventualidade de ali virem a ser instalados Hospitais de Campanha.

299     VISITAS   DE   ACOMPANHAMENTO    A     LARES    DE   IDOSOS,   UNIDADES     DE    INTERNAMENTO   DA    REDE   NACIONAL   DE   CUIDADOS   CONTINUADOS    E    CENTROS    DE    DIA,    POR    TÉCNICOS    DA    SAÚDE,   DA   PROTEÇÃO  CIVIL    E   DA    SEGURANÇA    SOCIAL

O relatório semanal da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro revela, também, que desde o dia 5 de Agosto de 2020 já foram levadas a efeito    299    visitas de acompanhamento  às Estruturas Residenciais de Pessoas Idosas, Unidades de Internamento da Rede de Cuidados Continuados   e   Centros   de   Dia,  através de técnicos da saúde, proteção civil e segurança social.  Recorde-se que esta iniciativa tem por objetivo  “apoiar as instituições   na  implementação  das medidas adequadas, num carácter preventivo e pedagógico, que visem  dirimir o risco de infeção  por Covid-19”.

O registo das visitas efetuadas é o seguinte: Albufeira (25 – mais duas do que na passada semana),  Alcoutim (6), Aljezur (2), Castro Marim (3), Faro (40  –  mais  sete do que na passada semana),  Lagoa (17),  Lagos (20),  Loulé (58 –  mais   oito),  Monchique (5), Olhão (20  –  mais  cinco),  Portimão (44   –  mais   três),  São Brás de Alportel (11),  Silves (7), Tavira (29  –   mais  uma),  Vila do Bispo (6)  e  Vila Real de Santo António (6).

José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta