Diversos

Detenção pela prática de crime contra a liberdade e autodeterminação sexual

Através de denúncia anónima, chegaram ao conhecimento da Diretoria do Sul da Polícia Judiciária, factos suscetíveis de configurar a prática de crimes contra a liberdade e autodeterminação sexual, ocorridos no concelho de Faro.

Na sequência da investigação de imediato desencadeada, foi possível definir o local da ocorrência, bem assim como os seus intervenientes, mormente a vítima, uma criança de 6 anos de idade, e suspeito, um homem de 47 anos de idade.

Foram igualmente obtidos fortes indícios do envolvimento de duas mulheres, familiares da menor, responsáveis por favorecerem os encontros com o suspeito, indivíduo conhecido e com antecedentes criminais pela prática de crimes da mesma natureza.

Os vários atos sexuais de relevo foram perpetrados no interior da residência do suspeito, local onde a criança era deixada por várias horas, desprotegida e exposta perante o agressor.

Os detidos serão hoje presentes a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Autor: PJ

Deixe uma resposta