Diversos

COVID-19 – ALGARVE TEM 971 RECUPERADOS, ULTRAPASSANDO O DOBRO DOS CASOS ATIVOS, QUE ASCENDEM AGORA A 336 PES-SOAS INFETADAS

Numa altura em que existem 21 surtos ativos no Algarve, segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, o relatório divulgado pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, na sexta-feira, 18 de Setembro de 2020  (quatro dias após o anterior boletim),  indica  336  casos ativos nesta região, ou seja, mais 52. Já o total de doentes curados da Covid-19 ascende a  971, colocando em 73,12 por cento a taxa de recuperação.

A região do Algarve conta com  971  pessoas recuperadas da Covid-19, em termos cumulativos, ultrapassando, assim, o dobro do número atual de casos ativos, o qual atinge  336   infetados, enquanto que 789  cidadãos estão em vigilância ativa por parte das autoridades de saúde e   sete  doentes encontram-se internados, um deles nos Cuidados Intensivos.

São esses alguns dos dados do ponto de situação epidemiológica no Algarve, na sequência da informação prestada pela Delegada de Saúde Regional, com atualização  “às 23:59 horas, de 17 de Setembro de 2020”, divulgado na sexta-feira, dia 18/09/2020, no relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro.

Desta forma, há mais 28 pessoas curadas e 52 novos casos ativos de Covid-19, ao mesmo tempo que se verifica, também, um aumento de 148 indivíduos sob vigilância ativa. Isto, numa altura em que, segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, existem 21 surtos ativos no Algarve.

MAIS   3.394    PESSOAS   NO   ALGARVE   TIVERAM   TESTES    COM    RESULTADO    NEGATIVO 

De acordo com o documento, apresentado quatro dias depois do anterior ponto de situação epidemiológica nesta região (na passada segunda-feira, 14/09/2020),  registam-se agora 1.328 casos confirmados em valores acumulados (mais 81), embora a Direção-Geral da Saúde tivesse indicado, também na sexta-feira, 18/09/2020, um total de 1.324 infetados no Algarve desde o início da pandemia. Por outro lado, igualmente em número cumulativo, há um total de 79.306 casos infirmados (mais 3.394), ou seja, que não se confirmaram como sendo portadores do novo coronavírus, após a realização de testes. Já a taxa de recuperados atinge, neste momento, 73,12 por cento (menos 2,50 por cento).

SETE   DOENTES    INTERNADOS,   UM   DELES    NOS   CUIDADOS    INTENSIVOS,  E   21  ÓBITOS   DESDE  O   INÍCIO   DA    PANDEMIA

A nota informativa da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro refere, por outro lado, sete doentes internados (mais um em comparação com o último relatório), estando um deles nos Cuidados Intensivos, 108 altas (sem alteração), em valor cumulativo, e 26 novos casos de Covid “nas últimas 24 horas”, enquanto que a Direção-Geral dá conta de mais 20 novos casos de infeção confirmados no Algarve. O total de óbitos, segundo a Autoridade de Saúde Regional, subiu de 20 para 21, depois do falecimento registado no dia 15/09/2020, de um cidadão italiano, de 80 anos idade e com residência no concelho de Loulé, que se encontrava internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Faro. Já a Direção-Geral da Saúde continua a registar 19  óbitos na região algarvia.

NOS    CONCELHOS     DE      LOULÉ,   PORTIMÃO   E    ALBUFEIRA   MANTÊM-SE    ACIONADAS    TRÊS     ZONAS     DE     APOIO    À     POPULAÇÃO  

No tocante a instalações de retaguarda  neste processo da Covid-19,  existem, neste momento,  32  estruturas     (menos  uma  do que o referido no  relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, da passada semana segunda-feira, 14/09/2020),  a servirem de    Zonas  de   Apoio  à   População   (ZAP), validadas pelas autoridades de saúde nos 16 concelhos do Algarve, com capacidade para um total  de    2.029  camas    (mais   192),  destinadas a isolamento profilático, quarentena e reserva social, neste caso para apoio a lares de idosos.  À data de 19 de Setembro de 2020, mantêm-se acionadas    três   Zonas de Apoio à População, nos municípios de   Albufeira,  Loulé  e  Portimão, para quarentena/isolamento profilático. Já em relação a unidades hoteleiras e militares em reserva, estão agora disponíveis  16 estruturas (menos 10), com capacidade de 1.370 camas (menos 199), nos 16 concelhos da região algarvia.

Por outro lado, de acordo com a nota informativa da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, foi ativada a Base de Apoio Logístico do Algarve, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, após validação da Autoridade de Saúde, para recolher os 28 migrantes provenientes de Marrocos, capturados na Ilha Deserta (Faro), no dia 15 de Setembro, enquanto decorrem as diligências do tribunal, com audição por vídeo teleconferência. Recorde-se que aquela estrutura de apoio logístico está situada em Quarteira, no concelho de Loulé.

Em apoio ao Hospital de Faro, para doentes com Covid-19, o Pavilhão do Sporting Clube Farense  mantém   50  camas disponíveis. Por outro lado, como o Litoralgarve tem referido, o Pavilhão Desportivo Municipal da Penha, situado na capital algarvia, e o espaço de multiusos Portimão Arena, localizado no Parque de Feiras e Exposições, nesta cidade, continuam preparados  para uma eventual necessidade de ali poderem vir a ser instalados hospitais de campanha.

JÁ    HOUVE   199   VISITAS   DE   ACOMPANHAMENTO     A     LARES    DE   IDOSOS    E   UNIDADES     DE    INTERNAMENTO   DA    REDE   NACIONAL   DE   CUIDADOS   CONTINUADOS 

Na sequência de ações que têm sido desenvolvidas  desde o dia 5 de Agosto de 2020, foram já realizadas    199     (mais 33)  visitas de acompanhamento  às Estruturas Residenciais de Pessoas Idosas e Unidades de Internamento da Rede de Cuidados Continuados  nos  16  concelhos  do  Algarve,  através de técnicos da saúde, segurança social e proteção civil. A iniciativa visa apoiar as instituições   na  implementação  das medidas adequadas, “num carácter preventivo e pedagógico, que visem  dirimir o risco de infeção  por Covid-19”, como destaca a nota informativa da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro.

Eis o registo  das visitas  levadas a efeito: Albufeira (15 – mais quatro),  Alcoutim (6), Aljezur (2 – mais uma ), Castro Marim (3), Faro (23 – mais cinco), Lagoa (7) , Lagos (18 – mais quatro), Loulé (36 –  mais nove), Monchique (5 – mais três), Olhão (9 – mais duas), Portimão (26),  São Brás de Alportel (8), Silves (6 – mais uma), Tavira (23  –  mais  quatro), Vila do Bispo (6)  e  Vila Real de Santo António (6).

O    QUE    INDICA    O    ÚLTIMO    MAPA   DOS    CASOS    ATIVOS    POR    CONCELHO    NA   REGIÃO    ALGARVIA

A nota informativa da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, de acordo com os dados fornecidos pela Delegada de Saúde Regional e divulgada no dia 19/09/2020, não incluiu o mapa dos casos ativos de Covid-19 por concelho no Algarve. Recordamos o que consta do último relatório apresentado na passada segunda-feira, 14/09/2020:     

– ALBUFEIRA

  56  casos  ativos

– CASTRO  MARIM

  6  casos ativos

Por seu turno, a Câmara Municipal de Castro Marim, na sua página na rede social ‘Facebook’, também no dia 14/09/2020, apontou sete casos ativos e 17 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde. Como referimos na altura, de acordo com o Delegado de Saúde, Mariano Ayala, do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Sotavento, os casos de Covid na área do município de Castro Marim atingem “três famílias residentes em diferentes pontos do concelho”, todos “se infetaram fora” e “não há  conhecimento de nenhum caso de transmissão comunitária”.

– FARO

  31  casos  ativos

– LAGOA

  18  casos   ativos

– LAGOS

  12  casos  ativos

– LOULÉ

  82  casos  ativos

– OLHÃO

  9  casos  ativos

– PORTIMÃO

  25  casos  ativos

Já a Câmara Municipal de Portimão, no seu mais recente ponto de situação epidemiológica, com a data de 17/09/2020, indicou a existência de  19  casos ativos, ou seja, existe mais um do que o referido no anterior relatório da autarquia. Por outro lado, ascende a 131 o número total de pessoas recuperadas neste concelho, onde, recorde-se, foram registados três óbitos. O total cumulativo de casos de infeção confirmados eleva-se, assim, a 153, desde o início da pandemia.

– SÃO  BRÁS   DE   ALPORTEL 

  7  casos  ativos

Por outro lado, a Câmara Municipal de São Brás de Alportel, no seu habitual ponto de situação diário sobre a Covid-19 neste concelho, a 18/09/2020, na página da autarquia na rede social ‘Facebook’,  refere   nove  casos ativos  (número igual ao da véspera) e 30 pessoas  (menos uma) em vigilância por parte das autoridades de saúde, além de 10 recuperados (sem alteração) e um óbito ocorrido há meses. 

– SILVES

  18  casos  ativos

– TAVIRA

  5  casos  ativos

– VILA   DO   BISPO

  3  casos  ativos

– VILA  REAL   DE   SANTO   ANTÓNIO

  9   casos  ativos

HÁ     TRÊS    PESSOAS    INFETADAS    NO    CONCELHO     DE     ALJEZUR     E     MONCHIQUE   CONTINUA   LIVRE    DA    PANDEMIA,   CASO    ÚNICO    NO    ALGARVE

Como o Litoralgarve noticiou noutras edições, no concelho de Alcoutim, segundo informação da Câmara Municipal, existe um caso ativo em Martim Longo. No concelho de Aljezur, a Câmara Municipal anunciou, no dia 16/09/2020, na sua página na rede social ‘Facebook’, “três  casos ativos e vários em vigilância ativa”. No Algarve, apenas o concelho de Monchique continua sem casos ativos, mantendo-se livre da pandemia da Covid-19.

Autor: José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta