Sociedade

COVID-19 – ALGARVE TEM MAIS UMA VÍTIMA MORTAL E 921 PESSOAS JÁ ESTÃO CURADAS, ULTRAPASSANDO O TRIPLO DOS CASOS ATIVOS, QUE ASCENDEM A 265 INFETADOS

Um homem faleceu, no dia 10/09/2020, na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Faro, onde se encontram agora internados dois doentes com o novo coronavírus. Na região algarvia, a taxa de recuperados voltou a subir, atingindo os 76,37 por cento.

Mais uma morte no Algarve devido à Covid-19, o que eleva para 20 o total cumulativo de óbitos nesta região, 921 pessoas recuperadas, 265 casos ativos atuais, 16 novos casos de infeção nas anteriores 24 horas e dois doentes internados nos Cuidados Intensivos. Estes são alguns dos dados da Situação Epidemiológica do Algarve, de acordo com informações fornecidas pela Autoridade de Saúde Regional no seu habitual ponto de situação semanal, “atualizado às 23:59 horas, de 10 de Setembro de 2020” e enviado, na sexta-feira, dia 11/09/2020, pela Comissão Distrital de Proteção de Civil de Faro aos órgãos de comunicação social. Pela segunda semana consecutiva, não foi apresentado o mapa com os casos ativos por concelho.

580 PESSOAS PERMANECEM EM VIGILÂNCIA ATIVA AO CUIDADO DAS AUTORIDADES DE SAÚDE NA REGIÃO ALGARVIA

Desta vez, o total acumulado de pessoas que já estão curadas da pandemia, 921, como referimos, ultrapassa do triplo do “número de casos ativos (atual) – 265”. Nesta altura, há, também, 580 pessoas em vigilância ativa pelas autoridades de saúde e seis doentes hospitalizados em enfermaria, tendo-se registado 16 novos casos de Covid-19 nas anteriores 24 horas, segundo aquele documento. Já o boletim da Direção-Geral da Saúde da Saúde, na mesma data, 11/09/2020, refere mais 15 infetados.
Ainda de acordo com o relatório da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, contendo a atualização da Situação Epidemiológica do Algarve, com dados fornecidos pela Autoridade de Saúde Regional, existe um total cumulativo de 1.206 casos confirmados desde o início da pandemia (a Direção-Geral da Saúde indicou 1.207), 74.643 casos infirmados (cumulativo), isto é, que não se confirmaram como sendo portadores do novo coronavírus, 107 altas, também em valor acumulado, e 20 óbitos (cumulativo). Como referimos no início desta peça, morreu mais uma pessoa na região algarvia. Trata-se de um homem da faixa etária dos 60-69 anos de idade, residente em Albufeira e que se encontrava internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Faro. No seu relatório, a Direção-Geral da Saúde aponta um total de 18 óbitos no Algarve. Esta diferença de dois óbitos, recorde-se, tem a ver com duas pessoas (um cidadão de nacionalidade espanhola e uma cidadã portuguesa) falecidas, há meses, em Portimão, que não residiam neste concelho e que entraram nas estatísticas das autoridades de saúde locais e regionais pelo facto de as mortes terem aqui ocorrido.

MAIS 78 PESSOAS JÁ ESTÃO CURADAS
E HÁ MENOS 21 CASOS ATIVOS

Em comparação com a Situação Epidemiológica no Algarve, na semana passada, existem mais 78 pessoas recuperadas, menos 21 casos ativos e aumentou em 45 o número de indivíduos em vigilância ativa. Enquanto isso, há mais um doente internado em enfermaria e menos um nos Cuidados Intensivos, a que se juntam mais 58 casos de infeção confirmados (cumulativo), tendo sido dada mais uma alta médica. Por outro lado, numa semana registaram-se mais 58 casos de infeção confirmados e 4.920 infirmados. Já a taxa de recuperados, ao contrário da tendência das últimas semanas, desta vez teve uma subida de 2,94 por cento.

MANTÊM-SE ACIONADAS TRÊS ZONAS DE APOIO À POPULAÇÃO NOS CONCELHOS DE LOULÉ, PORTIMÃO E ALBUFEIRA

Relativamente a instalações que servem de retaguarda no Algarve neste processo da Covid-19, são agora 33 as estruturas existentes (menos quatro do que na passada semana) como Zonas de Apoio à População (ZAP), validadas pelas autoridades de saúde nos 16 concelhos, tendo capacidade para um total de 1.844 camas (menos 336), destinadas a isolamento profilático, quarentena e reserva social, neste caso para apoio a lares de idosos. E como refere a nota informativa semanal da Comissão Distrital de Proteção Civil, à data de 11 de Setembro de 2020, continuam acionadas três Zonas de Apoio à População, nos concelhos de Albufeira, Loulé e Portimão, para quarentena/isolamento profilático.
Quanto a unidades hoteleiras e militares em reserva, mantêm-se disponíveis 28 estruturas, com capacidade de 1.619 camas, nos 16 concelhos do Algarve.

PORTIMÃO ARENA E PAVILHÃO MUNICIPAL DA PENHA, EM FARO, CONTINUAM DE PREVENÇÃO PARA FUNCIONAREM COMO HOSPITAIS DE CAMPANHA EM APOIO A DOENTES COM COVID-19

Em apoio ao Hospital de Faro, para doentes com Covid-19, o Pavilhão do Sporting Clube Farense continua com 50 camas disponíveis. Por outro lado, como temos referido noutras edições, o Pavilhão Desportivo Municipal da Penha, situado na capital algarvia, e o espaço de multiusos Portimão Arena, localizado no Parque de Feiras e Exposições, nesta cidade, estão preparados para uma eventual necessidade de ali poderem vir a ser instalados hospitais de campanha.

166 VISITAS DE ACOMPANHAMENTO A ESTRUTURAS RESIDENCIAIS DE PESSOAS IDOSAS E UNIDADES DE INTERNAMENTO DA REDE NACIONAL DE CUIDADOS CONTINUADOS NOS 16 CONCELHOS DO ALGARVE

Na sequência de ações que têm sido desenvolvidas desde o dia 5 de Agosto de 2020, já foram efetuadas 166 (mais 19 do que na passada semana) visitas de acompanhamento às Estruturas Residenciais de Pessoas Idosas e Unidades de Internamento da Rede de Cuidados Continuados nos 16 concelhos do Algarve, através de técnicos da saúde, segurança social e proteção civil. A iniciativa visa apoiar as instituições na implementação das medidas adequadas, “num carácter preventivo e pedagógico, que visem dirimir o risco de infeção por Covid-19”.
Aqui fica o registo das visitas já levadas a efeito: Albufeira (11 – mais uma do que na semana passada), Alcoutim (6), Aljezur (1), Castro Marim (3), Faro (18), Lagoa (7) , Lagos (14), Loulé (27 – mais seis ), Monchique (2), Olhão (7), Portimão (26 – mais uma), São Brás de Alportel (8 – mais quatro), Silves (5), Tavira (19 – mais três), Vila do Bispo (6 – mais quatro) e Vila Real de Santo António (6).

HÁ 20 CASOS ATIVOS NO CONCELHO DE PORTIMÃO, SETE NO DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL, TRÊS NO DE CASTRO MARIM E UM NO DE ALCOUTIM

Como já referimos, não é divulgado há duas semanas o mapa dos casos ativos por concelho no Algarve, como vinha sendo apresentado pela Autoridade de Saúde Regional.
Os casos mais recentes conhecidos a esse nível dizem respeito a informações das câmaras municipais de Portimão, São Brás de Alportel, Castro Marim e Alcoutim. Sabe-se, ainda, que já não existem ativos no concelho de Monchique.

PORTIMÃO – Dia 10/09/2020

Casos ativos – 20

Total cumulativo – 149

Total de recuperados – 126

Óbitos – 3

Quando apresentou este boletim, a Câmara Municipal de Portimão informou ter-se registado nessa data, 10/09/2020, “um novo caso no concelho”, além de “duas recuperações”.

SÃO BRÁS DE ALPORTEL – Dia 11/09/2020

Casos ativos – 7

Em vigilância – 12

Recuperados – 9

Óbitos – 1

Casos confirmados desde 10/03/2020 – 17

CASTRO MARIM – 09/09/2020

Casos ativos confirmados – 3

Em vigilância – 10

Recuperados – 3

Óbitos – 0

“Infelizmente, após 3 meses sem nenhum caso, voltaram a registar-se resultados positivos à Covid-19 no concelho de Castro Marim. São 3 casos em Altura e Castro Marim”, revelou a autarquia.

ALCOUTIM – 08/09/2020

O concelho de Alcoutim, que se manteve durante seis meses em branco, desde 02/03/2020, neste processo do novo coronavírus, em Portugal, chegando a ser o único do Algarve nessa situação, acabou por registar o primeiro caso de Covid-19 no início de Setembro, anunciou a Câmara Municipal no dia 5, notícia já divulgada pelo Litoralgarve. Trata-se de um caso ativo assintomático, de um residente em Martim Longo. Na altura estavam nove pessoas em vigilância ativa por parte das autoridades de saúde.

O boletim divulgado na página da autarquia na rede social ‘Facebook’, indica o seguinte:

1 – ATIVOS

0 – ACUMULADOS

10 – VIGILÂNCIA

0 – RECUPERADOS

0 – ÓBITOS

José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta