Entrevistas

DELEGADA DE SAÚDE REGIONAL DO ALGARVE, ANA CRISTINA GUERREIRO, AO LITORALGARVE: NO INVERNO “HÁ QUE PREPARAR OS SERVIÇOS PARA A DIFERENÇA ENTRE O QUE É COVID E AS OUTRAS SITUAÇÕES”

Em declarações ao Litoralgarve, a Delegada de Saúde Regional do Algarve, Ana Cristina Guerreiro, perspetiva que próximo “o Inverno vai ser trabalhoso porque as situações podem confundir-se” e confia num maior número de pessoas a se vacinarem contra a gripe  para  prevenir problemas. 

Litoragarve – Depois do Verão,  como  encara os próximos meses, o Inverno, com as gripes habituais  e  agora a Covid-19, numa altura em que o Algarve recebe o Grande Prémio de Portugal da Fórmula 1 e haverá mais afluência de visitantes a esta região ?

Ana Cristina Guerreiro – É preciso lembrar que o Algarve começa o Inverno e a situação das doenças respiratórias mais tarde do que sucede nas outras regiões. Portanto, julgamos que na altura do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 ainda teremos calor. Não teremos ainda situação de Inverno. O Inverno vai ser trabalhoso, essencialmente trabalhoso para nós, porque as situações podem confundir-se. A sintomatologia é muito idêntica. É mais uma experiência. Vamos ver como é que funciona.

“JÁ   NO   ANO    ANTERIOR,  TIVEMOS   MAIS   PESSOAS   QUE   SE   VACINARAM    CONTRA    A   GRIPE”

Litoralgarve – Será uma sobrecarga para as urgências hospitalares? Como enfrentar essa situação?

Ana Cristina Guerreiro – Mais trabalho, talvez sim, nas urgências. Mas o número de pessoas que recorre eventualmente vai ser idêntico. Agora, há é que preparar os serviços para fazer essa diferença entre o que é Covid, o que é provavelmente Covid e as outras situações.

Litoralgarve – E há médicos, enfermeiros e pessoal auxiliar em número suficiente para enfrentar toda essa situação com que os serviços de saúde irão deparar?

Ana Cristina Guerreiro – Essa questão é mais para os serviços de saúde. Mas nós estamos realmente a acautelar essa situação, quer em termos de resposta da saúde pública, quer dos outros serviços.

Litoralgarve – A vacinação contra a gripe pode ajudar a prevenir problemas?

Ana Cristina Guerreiro – Sim. Já no ano anterior, tivemos mais pessoas que se vacinaram contra a gripe e neste ano vamos passar a nossa informação nesse sentido.

VACINA   CONTRA   A    COVID-19 

 “LÁ   PARA    MEADOS   DE    2021”

Litoralgarve – Acredita na vacina contra a Covid-19 até final de 2020, numa altura em que vários países, nomeadamente Alemanha, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos da América, já estão desenvolver ensaios?

Ana Cristina Guerreiro – Gostaria muito que isso acontecesse. Mas uma vacina dá muito trabalho até ser mesmo figura efetiva. E portanto, não acredito, porque organizações responsáveis da saúde dizem que lá para meados de 2021, não agora no final deste ano.

Autor: Texto: José Manuel Oliveira Foto: RTP

Deixe uma resposta