Sociedade

COMO ESTÁ A EVOLUIR O NOVO CORONAVÍRUS COVID-19 A NÍVEL NACIONAL E NO ALGARVE – DIA 20 DE JULHO DE 2020

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, a situação epidemiológica no dia 20 de Julho de 2020, sobre a Covid-19 em Portugal, é a seguinte:

  • Número total de casos de infeção confirmados (em números acumulados) desde o início da pandemia – 48.771 (mais 135 do que no dia 19 de Julho de 2020. É o número mais baixo desde 11 de Maio de 2020 e 80 por cento dos novos casos foram registados na região de Lisboa a Vale do Tejo).
  • Número total de casos recuperados – 33.547 (mais 178 do que no dia 19 de Julho de 2020. O número de casos recuperados em Portugal voltou a ser superior ao de casos de infeção confirmados).
  • Número de casos ativos – 13.533 (menos 45 do que no dia 19 de Julho de 2020, tendo ocorrido na região de Lisboa e Vale do Tejo 56 por cento destes casos).
  • Número total de internados – 454 (mais 15 do que no dia 19 de Julho de 2020. Oitenta e quatro por cento dos internados estão na região de Lisboa e Vale do Tejo).
  • 61 em Unidades de Cuidados Intensivos (é o mesmo número registado no dia 19 de Julho de 2020)
  • Número total de casos suspeitos desde 01/01/2020 – 420.635 (mais 1.227 do que no dia 19 de Julho de 2020). Do total dos casos suspeitos, 370.304 não se confirmaram (mais 1.152 do que no dia 19 de Julho de 2020).

Por outro lado, 1.560 pessoas (menos 60 do que no dia 19 de Julho de 2020) aguardam os resultados laboratoriais aos testes efetuados, enquanto que 35.073 (menos 08 do que no dia 19 de Julho de 2020) estão sob vigilância das autoridades de saúde.

  • Número total de óbitos – 1.691 (mais 02 do que no dia 19 de Julho de 2020. E mais uma vez ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, que continua a ser a mais atingida pela Covid-19 em Portugal nesta altura).

A região de Lisboa e Vale do Tejo conta agora com 24.369 casos de infeção confirmados em números acumulados desde o início da pandemia (mais 108 do que no dia 19/07/2020) e 564 vítimas mortais (morreram mais duas pessoas).

Segue-se a região Norte, que regista 18.356 casos de infeção confirmados em termos cumulativos (mais 18 do que no dia 19/07/2020) e 827 óbitos.

A região Centro soma um total acumulado de 4.361 casos de infeção confirmados (mais 04 do que no dia 19/07/2020) e 251 mortos.

No Alentejo, desde o início da pandemia, estão já contabilizados 635 casos de infeção confirmados em números acumulados (mais 05 do que no dia 19/07/2020) e 19 falecidos.

A região dos Açores, segundo o relatório da Direção-Geral da Saúde, mantém 158 casos de infeção confirmados em números acumulados e 15 óbitos. Já a Autoridade de Saúde Regional aponta 161 casos confirmados em termos cumulativos, agora devido a dois novos casos positivos diagnosticados na Ilha de São Miguel, na sequência de 719 análises efetuadas por dois laboratórios. Um dos infetados é um homem de 36 anos, membro da tripulação de uma embarcação e cuja situação foi detetada, após rastreio à chegada aos Açores. O outro infetado é um homem de 51 anos, proveniente do continente português por viagem área.
No total, há agora 09 casos ativos – sete na Ilha de São Miguel, um na Ilha Terceira e um outro na Ilha das Flores. A Autoridade de Saúde Regional está a acompanhar 10.321 pessoas, das quais 4.603 em vigilância ativa.

Já a Madeira, indica a Direção-Geral da Saúde, continua a registar 102 casos de infeção confirmados em números acumulados, desde o início da pandemia, não existindo óbitos devido ao novo coronavírus. O IASAÚDE – Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais, IP – RAM refere que desse total de 102 casos, 94 já estão recuperados e 08 mantêm-se ativos. Há quatro pessoas em isolamento na Unidade de Internamento Polivalente dedicada à Covid-19 no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal.

ALGARVE

UM DIA SEM NOVOS CASOS DE INFEÇÃO

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, no dia 20 de Julho de 2020, mantém a indicação de 790 casos de Covid-19, em números acumulados, desde o início da pandemia, no Algarve. Ou seja, desta vez e durante 24 horas, não surgiram pessoas infetadas com o novo coronavírus.

15 ÓBITOS NO ALGARVE, REFERE A DIREÇÃO-GERAL DA SAÚDE;

SÃO 17 VÍTIMAS MORTAIS, DE ACORDO COM A AUTORIDADE DE SAÚDE REGIONAL

No seu boletim diário sobre a situação epidemiológica de Portugal, relativo a 20 Julho de 2020, a Direção-Geral da Saúde continua a apontar 15 óbitos no Algarve, em consequência da Covid-19. A Autoridade de Saúde Regional mantém a informação de 17 vítimas mortais.

Os óbitos conhecidos são:

  • 3 em Portimão
  • 1 em Quarteira, no concelho de Loulé
  • 5 em Boliqueime, no concelho de Loulé
  • 1 no concelho de São Brás de Alportel
  • 2 em Vila Real de Santo António
  • 2 no concelho de Albufeira
  • 2 no concelho de Lagoa
  • 1 no concelho de Faro

LOULÉ E ALBUFEIRA CONTINUAM A TER MAIS DOENTES RECUPERADOS

Casos de recuperação conhecidos:

  • 99 no concelho de Loulé
  • 99 no concelho de Albufeira
  • 84 no concelho de Lagos, segundo a Câmara Municipal
    no dia 16/06/2020
  • 68 no concelho de Portimão, refere a Câmara
    Municipal, no último de ponto de situação com a data de
    17/07/2020.
  • 61 no concelho de Faro
  • 34 no concelho de Tavira
  • 22 no concelho de Silves
  • 21 no concelho de Olhão, descreve o presidente da Câmara
    Municipal, António Miguel Pina, no dia 19/07/2020.
  • 15 no concelho de Vila Real de Santo António
  • 11 no concelho de Lagoa
  • 06 no concelho de Monchique
  • 03 no concelho de Castro Marim
  • 04 no concelho de São Brás de Alportel, confirma a
    Câmara Municipal, ao apresentar o ponto de situação
    epidemiológica no dia 20/07/2020.

ALBUFEIRA , FARO E LOULÉ SÃO OS CONCELHOS COM MAIS CASOS EM NÚMEROS ACUMULADOS DESDE O INÍCIO DA PANDEMIA NO ALGARVE

Albufeira é o concelho que, no Algarve, continua a registar mais casos de Covid-19, em números acumulados desde o início da pandemia, agora com um total de 135, segundo dados atualizados da Direção-Geral da Saúde, no dia 20 de Julho de 2020. No Relatório de Situação daquela entidade, sobre a caracterização demográfica dos casos confirmados por concelhos, o de Faro surge com 118, igualmente em termos cumulativos, e o de Loulé contabiliza 102 casos.

Os concelhos de Lagos e de Portimão somam, cada um, 101 casos, nas contas da Direção-Geral da Saúde. Já a Câmara Municipal de Portimão, no ponto de situação com data de 17/07/2020, refere a existência de um total de 107 casos confirmados em números acumulados, dos quais 36 são ativos e 68 recuperados, além de três óbitos, como já referimos.

Na lista da Direção-Geral da Saúde, Tavira tem 35 casos confirmados e Silves, 29, em termos cumulativos. Recorde-se que, no concelho de Silves, a Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines anunciou um novo caso positivo diagnosticado a um cidadão que trabalha numa empresa local e reside em Algoz.

QUATRO NOVOS CASOS ATIVOS EM OLHÃO, NA SEQUÊNCIA DE UMA FESTA DE ANIVERSÁRIO EM FARO, ANUNCIA O AUTARCA ANTÓNIO MIGUEL PINA

Com um total de 28 casos confirmados em números acumulados desde o início da pandemia da Covid-19, aparece o concelho de Olhão neste relatório da Direção-Geral da Saúde. O presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina, na página da autarquia na rede social ‘Facebook’, apresentou o ponto de situação neste concelho, anunciando, desde logo, na abertura da sua comunicação, a existência de “4 novos casos em Olhão”. “Olhão conta, atualmente, com um registo acumulado de 29 casos, dos quais 21 estão recuperados e 8 ativos”, referiu o autarca. E passou a esclarecer o que aconteceu: “Depois de uma primeira fase com 14 casos, totalmente recuperados, já em período de desconfinamento, surgiram 11 casos de uma mesma ligação, dos quais estão recuperados 7 e 4 estão ativos. Entretanto, na sequência de um surto de Faro, com origem numa festa de aniversário, resultou o contágio de 4 pessoas de Olhão, que estavam presentes nessa festa. Estes 4 casos, apesar de ativos, encontram-se isolados e sem sintomas graves”.
O presidente da Câmara Municipal de Olhão aproveitou para desejar as melhoras dos doentes com Covid-19 e, num recado à população do seu concelho, reforçou, uma vez mais, a mensagem de que “o desconfinamento é necessário, mas o cumprimento das medidas de segurança é obrigatória.”

CONCELHO DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL MANTÉM TRÊS CASOS ATIVOS E SETE PESSOAS SOB VIGILÂNCIA DAS AUTORIDADES DE SAÚDE

Por outro lado, segundo o relatório publicado na segunda-feira, dia 20/07/2020, o concelho de Tavira soma 17 casos confirmados em números acumulados desde o início da pandemia, Monchique, 15, Lagoa, 13, e Aljezur e São Brás de Alportel, ambos com 07. Neste concelho, o boletim da situação epidemiológica Covid-19, de 20 de Julho de 2020, publicado cerca das 20h00 pela Câmara Municipal de São Brás de Alportel, no ‘Facebook’, mantém o registo de um total acumulado de 08 casos confirmados, desde 01/03/2020. Desse total, 03 são casos ativos, 04 recuperados e 01 óbito, além de continuarem 07 pessoas sob vigilância das autoridades de saúde, como o Litoralgarve já noticiou.

ALCOUTIM É O ÚNICO CONCELHO ALGARVIO ONDE A COVID-19 NÃO CHEGOU

Já Vila do Bispo e Castro Marim, de acordo com a Direção-Geral da Saúde, contam, cada qual, com 04 casos confirmados acumulados desde o início da pandemia. Recorde-se, uma vez mais, que o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, garantiu que o seu concelho “está livre de Covid-19”. “0 Confirmados / 0 em vigilância / 3 recuperados / 0 óbitos”, escreveu, a 06/07/2020, o autarca, na página do município de Castro Marim, no ‘Facebook’.
Como temos referido, até à data, no Algarve, o concelho de Alcoutim é o único concelho onde não se registou qualquer caso relacionado com o novo coronavírus que continua a contaminar o mundo.

AVISO DA DIREÇÃO-GERAL DA SAÚDE

Segundo a Direção-Geral da Saúde, “a informação apresentada refere-se ao total de notificações no sistema SINAVE, não incluindo notificações laboratoriais”, pelo que, nota, “como tal, pode não corresponder à totalidade dos casos por concelho.” “Quando os casos confirmados são inferiores a 3, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados”, acrescenta.
“A caracterização demográfica dos casos confirmados terá uma atualização semanal, publicada à segunda-feira, na pendência de desenvolvimento nos sistemas de informação”, indica a Direção-Geral da Saúde.

Autor:José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta