ESTA É A EVOLUÇÃO DO NOVO CORONAVÍRUS COVID-19 A NÍVEL NACIONAL E NO ALGARVE – DIA 07 DE JULHO DE 2020

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde revela que, em Portugal, no dia  07 de Julho de 2020,  o  ponto  de situação  do  novo coronavírus (Covid-19) é  o seguinte:

– Número total de casos de infeção confirmados (em números acumulados) desde o início  da  pandemia – 44.416  (mais  287  do que no dia  06  de Julho de 2020.  Setenta por cento dos casos foram  registados  na  região  de  Lisboa  e  Vale  do  Tejo.)

– Número total de casos recuperados – 29.445  (mais 279  do  que no dia 06  de  Julho  de  2020)

– Número total de internados – 511  (menos  02   do que no dia  06  de  Julho de 2020)

76  em Unidades de Cuidados Intensivos  (mais   02   do  que no  dia  06  de  Julho  de  2020)

– Número total de casos suspeitos desde 01/01/2020 – 394.134 (mais  2.483  do que  no  dia  06  de  Julho  de  2020).  Do total dos  casos  suspeitos,  348.410  não  se  confirmaram  (mais  2.070  do  que  no  dia  06   de  Julho  de  2020).

Entretanto,  1.308   pessoas  (mais  126   do  que  no  dia   06   de Julho   de   2020)  aguardam os resultados laboratoriais aos testes efetuados,  enquanto   que   33.134   (mais  1.649   do   que  no  dia  06  de  Julho  de   2020)  estão  sob  vigilância  das  autoridades  de   saúde.

– Número  total  de  óbitos – 1.629   (mais  09  do  que  no  dia  06  de  Julho  de  2020.  Seis ocorreram no  Região  de  Lisboa  e  Vale  do  Tejo, dois  no  Alentejo  e  um  no  Norte  de  Portugal.)

A região de Lisboa e Vale do Tejo,  a  mais  atingida  nesta  altura  pela Covid-19,  já  contabiliza,  desde  o  início  da  pandemia,  um  total  de  20.929  casos  confirmados  em números acumulados  (houve  mais  207   do  que  no  dia  06/07/2020)  e  513  óbitos  (mais  06).

Segue-se a região Norte,  que  atingiu   17.823  casos  de infeção confirmados  em  termos  acumulados  (mais  57   do que  a   06/07/2020)  e  821  falecimentos  (registou-se mais 01).

Na  região  Centro,  estão  registados   4.211  casos de infeção em números acumulados  (mais  16  do  que  no   dia  06/07/2020)  e  248  vítimas mortais.

O Alentejo  já   tem   544     casos  de  infeção  em  termos acumulados,  desde  o  início  da   pandemia  (mais  05  do  que  no  dia  06/07/2020),  na sequência  do  surto ocorrido no lar de idosos de Reguengos de Monsaraz,  e  17  mortes  (faleceram mais  duas  pessoas).

A Região  dos  Açores  soma  151  casos de infeção confirmados em números acumulados  e 15   mortos, desde o início da pandemia, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.  A Autoridade de Saúde Regional,  recorde-se,  apontou 154 casos, seis dos quais ativos – quatro na Ilha de São Miguel,  um  na  Ilha  das  Flores  e  um  na  Ilha  Terceira.

Já  na  Madeira  existem   95  casos  (mais  02  do  que  no  dia  06/07/2020)  de  infeção  confirmados,  em números acumulados,  desde o início da pandemia, como  refere  nesta  terça-feira,  dia  07/07/2020,  a  Direção-Geral  da  Saúde.  Dos  95 casos  confirmados,  90  já  foram  dados  como  recuperados  e  05  são  casos  ativos,  ou  seja  em  tratamento  pelas  autoridades  de  saúde  desta  Região  Autónoma,  onde   ainda   não   se   registaram  óbitos   em  consequência  do  novo  coronavírus.

Em Portugal,  há   13.342  casos  ativos  de  Covid-19  a serem tratados pelas autoridades de saúde, de  acordo  com  a  informação  disponível.  Tal  significa  apenas   mais  um  caso  contabilizado  em  comparação  ao   dia  06  de  Julho  de  2020.

ALGARVE

Último  relatório  da  Direção-Geral  da  Saúde   não  aponta  novos  casos de  Covid-19  nesta  região  do  Sul  do  país

De  acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, no dia  07  de Julho de 2020,   o Algarve conta  com  um   total  de   663  casos  de  infeção em  termos  cumulativos,  desde o início  da  pandemia.  Com base neste relatório,   não  houve mais pessoas infetadas  na  região  algarvia  de  06  para  07  de  Julho.

15  óbitos  no  Algarve,  confirma  a  Direção-Geral de  Saúde; 

17  vítimas mortais,  segundo  o  registo  da  Autoridade  de  Saúde  Regional

No boletim sobre  a  situação  epidemiológica  de  Portugal, publicado  no  dia  07  de  Julho  de  2020,  a  Direção-Geral  da  Saúde destaca, uma  vez  mais,  15  óbitos por Covid-19  no  Algarve.  A Autoridade de Saúde Regional, como o Litoralgarve tem referido,  confirmou, no  relatório semanal, a 03/07/2020,   que já  houve  17 mortes.

Os óbitos conhecidos são:

– 3 em Portimão

Recorde-se, uma vez mais, que as vítimas mais recentes de Covid-19 são um cidadão sexagenário, de nacionalidade espanhola, que vivia neste concelho do barlavento algarvio, e uma senhora idosa, portuguesa, que tinha em Portimão a sua segunda habitação. Acabou por falecer nesta cidade. O seu local de residência habitual era em Lisboa.

 – 1 em Quarteira, no concelho de Loulé

–  5 em Boliqueime, no concelho de Loulé

 – 1 no concelho de São Brás de Alportel

–  2 em Vila Real de Santo António

 – 2 no concelho de Albufeira

–  2 no concelho de Lagoa

–  1 no concelho de  Faro

CONCELHOS  DE  SÃO  BRÁS  DE  ALPORTEL  E  DE  PORTIMÃO  TÊM  MAIS  PESSOAS  RECUPERADAS  DA  COVID-19

Casos de recuperação conhecidos:

– 92 no concelho de Loulé

– 78 no concelho de Albufeira

– 54 no concelho de Faro

– 49 no concelho de Portimão, revela a Câmara Municipal ao fazer

       o ponto de situação no dia 06/07/2020

– 31 no concelho de Tavira

– 15 no concelho de Vila Real de Santo António

19 no concelho de Silves

– 14 no concelho de Olhão

– 09 no concelho de Lagoa

– 09 em Lagos, de acordo com o último relatório da Autoridade

     de Saúde Regional do Algarve, de 03/07/2020, sobre a situação

     epidemiológica neste concelho

– 03 no concelho de Castro Marim, indicou o presidente da

       Câmara Municipal, Francisco Amaral, a 06/07/2020

– 01 no concelho de Monchique

– 04 no concelho de São Brás de Alportel, segundo a  Câmara

      Municipal

 OLHÃO  CONTA  COM  NOVE  CASOS  ATIVOS 

Como o Litoralgarve já referiu, a Direção-Geral da Saúde está a  levar a efeito “um trabalho de verificação de todos os dados com as autoridades locais e regionais” deste sector, esclareceu  aquela entidade. Esse trabalho ficará “concluído durante os próximos dias”, acrescentou a Direção-Geral da Saúde, após o que serão divulgados dados devidamente atualizados sobre a situação epidemiológica de  cada concelho  de Portugal.

Com base nas últimas informações disponíveis, recorde-se, no concelho de Albufeira estão registados 125  casos de infeção em  números acumulados, desde o início da pandemia. Já em Loulé, igualmente em termos cumulativos,  ascende a 110 o total de casos confirmados.

Nesta lista, seguem-se Faro (85), segundo a Direção-Geral da Saúde, Tavira (46), Silves (26) e Vila Real de Santo António (21). Em Olhão, como o Litoralgarve tem referido, subiu para 09 o número de casos ativos, de acordo com o presidente da Câmara Municipal, António Miguel Pina. No total, em termos cumulativos, já foram registados neste concelho do sotavento algarvio 23 casos de infeção, desde  o início da pandemia.

39  CASOS   ATIVOS  NO  CONCELHO  DE  PORTIMÃO  E  TRÊS  EM  LAGOA

Já no concelho de Lagoa, as últimas  indicações apontam 03 casos ativos. No total, desde o início da pandemia, será 14 o número de casos de infeção em termos acumulados.

Em Portimão, o último  comunicado da  Câmara Municipal, datado de 06/07/2020, ao  apresentar o ponto de situação epidemiológica  neste  concelho,  refere   39  casos ativos. Neste concelho, desde o início da pandemia, em termos cumulativos já foram registaram 91 casos confirmados de  infeção.

“CASTRO  MARIM  ESTÁ  LIVRE  DE  COVID-19”,  ANUNCIOU O  PRESIDENTE  DA  CÂMARA  MUNICIPAL,  FRANCISCO  AMARAL ,  NO  ‘FACEBOOK’

Em Castro Marim, como o Litoralgarve já noticiou, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Amaral,  deixou a seguinte mensagem na página  da autarquia,  na rede social ‘Facebook’: “Apesar da situação epidemiológica a nível nacional continuar degradada, o concelho de Castro Marim está livre de Covid-19”. Desta forma, estão registados três casos de recuperação (o último infetado era um homem residente em Altura) e também não  existem pessoas sob vigilância das autoridades, segundo Francisco Amaral.  

Já no concelho de Lagos, recorde-se, o  último relatório da Autoridade de Saúde Regional do Algarve, no dia 03 de Julho de 2020, indicou  135 casos  confirmados, na sequência da festa em Odiáxere.  Desse total, estavam a recuperar, no domicílio, 126 pessoas, numa altura em que já não há doentes hospitalizados, de acordo com as últimas informações.

CONCELHO  DE  SÃO  BRÁS  DE  ALPORTEL  MANTÉM  18  PESSOAS  EM  VIGILÂNCIA  PELAS  AUTORIDADES  DE  SAÚDE

No concelho de São Brás de Alportel, ao efetuar a atualização do ponto de situação epidemiológica Covid-19, no dia 07/07/2020, a  Câmara Municipal indicou 18 pessoas  em vigilância pelas autoridades de saúde (o mesmo número face à anterior informação),  01 caso confirmado de infeção (menos  01) e 04 recuperados (mais 01).  Em Monchique, a Direção-Geral da Saúde tinha indicado 12  casos confirmados e em Vila do Bispo, como o Litoralgarve já noticiou, a mesma  entidade  apontou 04  pessoas infetadas. Recorde-se que o presidente do executivo camarário de Vila do Bispo, Adelino Soares, no dia 19/06/2020, ao confirmar na altura “três casos de pessoas com morada fiscal no concelho”, garantiu que “não estão a residir no concelho”, acrescentando que o sucedido resultou da festa em Odiáxere, perto de Lagos.

ALJEZUR  TEM  MAIS  TRÊS  PESSOAS  CONTAMINADAS,  O  QUE   ELEVA  PARA  CINCO  O  TOTAL  DE  CASOS  CONFIRMADOS   NESTE  CONCELHO

Por outro lado,  no concelho de Aljezur, na Costa Vicentina, depois de meses sem o novo coronavírus,  começaram agora a surgir casos.  Além de um casal que contraiu a doença, como o Litoralgarve já deu conta, “existem mais 3 casos de infetados com Covid-19”, revelou a Câmara Municipal na sua página na rede social ‘Facebook’,  ao atualizar, no dia 07/07/2020, o ponto de situação. “Neste momento totalizam 5 casos, todos relacionados com o foco de Monchique, que estão a ser devidamente acompanhados pela Autoridade de Saúde Pública e entidades locais”, esclarece o comunicado da autarquia, à população, acrescentando que “estão a ser monotorizadas e tomadas todas as medidas de segurança para a contenção do contágio.”

NO  ALGARVE,  SÓ  O  CONCELHO  DE  ALCOUTIM  CONTINUA  LIVRE  DESTA  PANDEMIA

Até à data, recorde-se, apenas  o concelho de Alcoutim, situado no  nordeste algarvio, junto ao Rio Guadiana, mantém-se sem registo de qualquer caso relacionado com Covid-19.

O boletim epidemiológico emitido diariamente pela Direção-Geral da Saúde indica, apenas, o “total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 91 por cento dos casos confirmados.” E quando os casos confirmados são “inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados”. Daí poder existir discrepância entre números divulgados. O trabalho em curso entre a Direção-Geral da Saúde e as autoridades locais e regionais do sector poderá ajudar a esclarecer a situação.

Autor: José Manuel Oliveira

PUBLICIDADE