INCÊNDIO EM SÃO MARCOS DA SERRA, NO CONCELHO DE SILVES, ESTÁ A SER COMBATIDO POR QUASE DUAS CENTENAS DE BOMBEIROS, TRÊS HELICÓPTEROS E SEIS AVIÕES

Há já três frentes ativas, mas neste momento não  existem casas  em perigo. As chamas  estão  a consumir sobretudo mato, sobreiros  e  eucaliptos.

Um incêndio de grandes proporções está a atingir a zona de São Marcos da Serra, no interior do concelho de Silves, contando já com três frentes ativas numa extensa área de mato, sobreiros e eucaliptos, segundo apurou o Litoralgarve.

BOIÃO  E  CORTE  MOURÃO

O   fogo, cujo alerta foi dado cerca das 15h00, “começou em Boião, Monte Ruivo e está a estender-se em direção a Corte Mourão, mas não há em casas em perigo”, disse ao Litoralgarve o presidente da Junta de Freguesia de São Marcos da Serra, Luís Cabrita, acrescentando que “os meios estão a posicionar-se no terreno e o vento está para sul”. 

“O  FOGO  ESTÁ  PRÓXIMO  DO  IC1, MAS  AINDA  NÃO  HÁ  MOTIVO  PARA  FAZER  O  CORTE  DESTA  ESTRADA”,  SEGUNDO  O  CDOS DE  FARO

Pelas 18h02m, já estavam no local 225 operacionais, apoiados por 67 viaturas e 11 meios aéreos, entre os quais dois de coordenação no combate às chamas, três helicópteros que se encontram no Algarve e seis aviões provenientes de outras zonas do país. “O fogo está próximo do IC1, mas ainda não há motivo para fazer o corte desta estrada”, referiu ao Litoralgarve fonte o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS), de Faro.

Autor: Paulo Silva e José Manuel Oliveira

Foto de : Sergio Anastácio

PUBLICIDADE