Sociedade

COMO ESTÁ A EVOLUIR O NOVO CORONAVÍRUS COVID-19 A NÍVEL NACIONAL E NO ALGARVE – DIA 03 DE JULHO DE 2020

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, no dia 03 de Julho de 2020,  o ponto de situação do novo coronavírus (Covid-19), em Portugal, é o seguinte:

– Número total de casos de infeção confirmados (em números acumulados) – 43.156  (mais 374  do que no dia 02 de Julho de 2020)

– Número total de recuperados – 28.424  (mais 327 do que no dia 02 de Julho de 2020)

– Número total de internados – 495  (menos 15  do que no dia  02 de Julho de 2020)

72 em Unidades de Cuidados Intensivos  (menos  05  do que no dia 02 de Julho de 2020)

– Número total de casos suspeitos desde 01/01/2020 – 386.926 (mais  1.953  do que no dia 02 de Julho de 2020).  Do total dos casos suspeitos,  342.891  não se confirmaram  (mais  2.080  do que no dia 02 de Julho de 2020).

Entretanto,  879  pessoas  (menos  501  do que no dia 02 de Julho de 2020) aguardam os resultados laboratoriais aos testes efetuados, enquanto que 31.433  (menos  159  do que no dia 02 de Julho de 2020) estão sob vigilância das autoridades de saúde.

– Número total de óbitos – 1.598  (mais 11 do que no dia 02 de Julho de 2020)

A região de Lisboa e Vale do Tejo, que continua a ser a mais penalizada pelo novo coronavírus, já contabiliza um total de 19.956 casos confirmados em números acumulados desde o início da pandemia   (mais  300  do que no dia 02/07/2020)  e  491 mortos.

Segue-se a região Norte, onde se regista um total acumulado de 17.664 casos de infeção confirmados  (mais  40  do que a 02/07/2020)  e  819  falecimentos.

A região Centro tem  4.137 casos de infeção em números acumulados  (mais  16  do  que  no   dia 02/07/2020) e 248  óbitos  (o relatório da Direção-Geral da Saúde,  no dia 02/07/2020, indicou 249).

O Alentejo soma agora  um  total  acumulado  de  507  casos de infeção  em termos acumulados desde  o  início  da   pandemia  (mais 08 do que no dia 02/07/2020),  muito contribuindo para tal o surto registado no lar de idosos de Reguengos de Monsaraz,  e  10  vítimas mortais.

A Região dos Açores conta com  151  casos de infeção confirmados em números acumulados  e 15  vítimas óbitos.

Já na  Madeira  continua  o registo  de   um  total de  92  casos  de  infeção  confirmados, em números acumulados desde o início da pandemia. Até  esta data, não existem vítimas mortais por  Covid-19 nesta região.

Em Portugal, há  13.134  casos  ativos do novo coronavírus a serem tratados pelas autoridades de saúde  (mais  36  do que no dia  02 de Julho de 2020).

ALGARVE

Mais  dez  pessoas estão  infetadas com  Covid-19 

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, do dia 03 de Julho de 2020,   aponta um total de  649  casos de infeção confirmados desde o início  desta  pandemia, em termos acumulados, no Algarve. Com base neste relatório, há  mais  10 pessoas que contraíram o novo coronavírus. Já a Autoridade de Saúde Regional indica  646 casos confirmados (cumulativo),  na situação epidemiológica na Região do Algarve, em dados atualizados às 00:00 horas do dia 03/07/2020.

15  óbitos  no  Algarve,  desde o início da pandemia,  segundo a Direção-Geral da Saúde; 

17 vítimas  mortais,  confirma uma  vez mais a  Autoridade  de  Saúde  Regional

Continuam a ser diferentes os números relativos ao total de óbitos no Algarve desde o início da pandemia, apresentados pela Direção-Geral da Saúde e pela Autoridade de Saúde Regional. No seu  boletim epidemiológico, do dia 03 de Julho de 2020, a Direção-Geral  da  Saúde  aponta, de novo, 15 óbitos na região algarvia.  Por seu turno, a Autoridade de Saúde Regional voltou a confirmar, uma vez mais, 17 mortes, agora no seu relatório divulgado a 03/07/2020.

Os óbitos conhecidos são:

– 3 em Portimão

As vítimas mais recentes de Covid-19, recorde-se, são um cidadão sexagenário, de nacionalidade espanhola, que vivia neste concelho do barlavento algarvio, e uma senhora idosa, portuguesa, que tinha em Portimão a sua segunda habitação. Acabou por falecer nesta cidade. O seu local de residência habitual era em Lisboa.

 – 1 em Quarteira, no concelho de Loulé

–  5 em Boliqueime, no concelho de Loulé

 – 1 no concelho de São Brás de Alportel

–  2 em Vila Real de Santo António

 – 2 no concelho de Albufeira

–  2 no concelho de Lagoa

HÁ  46  DOENTES  RECUPERADOS  EM  PORTIMÃO  E  9  EM  LAGOS

Casos de recuperação conhecidos:

– 90 no concelho de Loulé

– 75 no concelho de Albufeira

– 53 no concelho de Faro

– 46 no concelho de Portimão, informa a Câmara Municipal, que

       adianta terem-se registado  “três recuperados, dois do género

       feminino, de nacionalidade portuguesa e francesa, e um do

       género masculino, de nacionalidade portuguesa, todos

       residentes em Portimão.”

 -31 no concelho de Tavira

– 15 no concelho de Vila Real de Santo António

19 no concelho de Silves

– 14 no concelho de Olhão

– 09 no concelho de Lagoa

– 09 em Lagos, segundo a indicação da Autoridade de Saúde

      Regional do Algarve, com dados atualizados às 00:00 horas

      do dia  03/07/2020

– 02 no concelho de Castro Marim

– 01 no concelho de Monchique

– 02 no concelho de São Brás de Alportel

OITO  CASOS  ATIVOS  EM  OLHÃO  –  UM CASAL  COM   TRÊS   FILHOS   MENORES  E MAIS  TRÊS   PESSOAS  DE   RELAÇÃO  PRÓXIMA

Desde o início da pandemia da Covid-19, o concelho de Albufeira já registou um total acumulado de 123 casos de infeção confirmados em números acumulados, enquanto que no de Loulé são 108, de acordo com informações recolhidas.

Seguem-se Faro (70), Tavira (46), Silves (26), Vila Real de Santo António (21) e Olhão (22), em termos acumulativos.  Neste concelho do sotavento algarvio, como o Litoralgarve referiu, o presidente da Câmara Municipal, António Miguel Pina, anunciou a existência de “8 casos ativos em Olhão.” No passado fim-de-semana, “foram registados 5 novos casos no nosso concelho. Começou por se confirmar o resultado positivo de um casal de Olhão e, posteriormente, os seus 3 filhos menores. Felizmente, nenhum dos 5 apresenta um quadro clínico grave”, esclareceu António Miguel Pina. Numa outra comunicação, o autarca adiantou: “Em relação aos 8 casos agora ativos, dizem respeito a uma família de 5 elementos, como referi anteriormente, e agora a mais 3 pessoas de relação próxima com essa família.”

NOVOS  CASOS  EM  PORTIMÃO  OBRIGARAM  AO  ENCERRAMENTO  DE  UMA   CRECHE

Em Lagoa, segundo  informações disponíveis, estão registados 14 casos de infeção em termos acumulados, desde o início da pandemia.  Neste concelho, recorde-se, fonte autárquica disse ao Litoralgarve que existem “quatro casos ativos, todos importados”. Segundo apurámos, um deles está relacionado  com a festa ilegal em Odiáxere, perto de Lagos.

Já em Portimão, de acordo com a mais recente informação da  Câmara Municipal, no dia  02/07/2020, subiu para 39 o número de casos ativos. “Registaram-se 4 novos casos, três dos quais referentes ao mesmo agregado familiar, dois adultos e uma criança que estava a frequentar uma creche. Este espaço foi encerrado e todos os colaboradores realizaram testes de despiste. As restantes crianças que frequentavam o espaço, no dia 03/07/2020 realizaram testes no Hospital de Portimão”, revelou a autarquia ao fazer o ponto de situação da Covid neste concelho. O quarto caso surgido em Portimão “é do género feminino”. Por outro lado, os testes efetuados aos funcionários da creche deram resultado negativo. O estabelecimento irá reabrir após trabalhos de limpeza e desinfeção. 

Ainda em relação ao concelho de Portimão, já houve um total de 88 casos confirmados em termos acumulados desde o início desta pandemia.

135  CASOS  CONFIRMADOS  EM  LAGOS  E  JÁ  NÃO  HÁ  DOENTES  INTERNADOS

No concelho de Castro Marim, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Amaral, afirmou ao ‘Litoralgarve’ que existe neste concelho um caso ativo, mais concretamente de um jovem na ‘casa’ dos 30 anos de idade, residente na localidade de Altura e que está de quarentena numa casa cedida pela autarquia, com o apoio da Proteção Civil. Os testes efetuados à família desse indivíduo deram resultados negativos. 

Já no concelho de Lagos, o  último relatório da Autoridade de Saúde Regional do Algarve, divulgado no dia 03 de Julho de 2020, refere   135 casos  confirmados, na sequência da festa ilegal em Odiáxere. Desse total, há 126 pessoas a recuperar no domicílio. O relatório, a que o Litoralgarve teve acesso, indica que já não existem doentes internados.

AUMENTOU PARA  20 O NÚMERO  DE  PESSOAS  EM  VIGILÂNCIA  PELAS  AUTORIDADES  DE  SAÚDE  NO  CONCELHO  DE  SÃO  BRÁS  DE   ALPORTEL  E  ESTÃO  CONFIRMADOS  TRÊS   CASOS COM  O  NOVO  CORONAVÍRUS

Por outro lado, em São Brás de Alportel, a Câmara Municipal anuncia a existência de 20 pessoas (mais quatro face à última informação) em vigilância pelas autoridades de saúde, a que se juntam três casos confirmados (mais um em comparação com a anterior nota informativa). No concelho de São Brás de Alportel já estão contabilizados, desde o dia 01/03/2020, no total, seis casos acumulados.  No concelho de Monchique, a Direção-Geral da Saúde indica 12 de casos confirmados, e em Vila do Bispo, a mesma  entidade estatal  mantém a indicação de 04 pessoas infetadas. E até esta data, apenas os concelhos de Aljezur e de Alcoutim continuam livres desta pandemia.

Recorde-se que o boletim epidemiológico emitido diariamente pela Direção-Geral da Saúde indica, apenas, o “total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 91 por cento dos casos confirmados.” E quando os casos confirmados são “inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados”. Daí poder existir discrepância entre números divulgados.

Autor: José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta