MONDA TÉRMICA RETOMA LIMPEZA DAS ÁREAS VERDES DE ALBUFEIRA E PRESIDENTE INTEGROU A EQUIPA

O Município de Albufeira quer deixar de utilizar herbicidas e para isso tem uma Monda Térmica, a qual funciona com água a uma temperatura de 120º. Durante o confinamento imposto pela pandemia, os técnicos que a utilizam estiveram impedidos de limpar as áreas verdes do concelho, mas agora já o podem fazer e já circulam pelo concelho. José Carlos Rolo acompanhou a equipa neste regresso e também andou a “limpar as ervas”. “É Importante reduzir a pegada ecológica e todos temos que fazer por isso”, salienta José Carlos Rolo.

Permitido o desconfinamento, o Município de Albufeira regressou às ruas com a sua máquina de monda térmica. A monda térmica é uma prática que se destina a combater a vegetação infestante através do uso de água a elevada temperatura. O equipamento encontra-se a ser operacionalizado por uma equipa qualificada de dois jardineiros técnicos da Divisão de Higiene Urbana e Espaços Verdes, tendo sido administrada formação técnica especializada.

Esta tecnologia está patenteada e baseia-se na utilização de água aquecida a elevada temperatura (aproximadamente 120ºC), que após contacto com a vegetação, destrói o tecido celular e o sistema radicular. Pelo facto de cozer as sementes, impede o seu processo de germinação. Permite, deste modo, que o Município de Albufeira deixe de aplicar herbicidas químicos, salvaguardando o meio ambiente e saúde pública dos efeitos malignos dos herbicidas químicos, reduzindo assim a sua pegada ecológica. Neste âmbito, o Presidente do Município diz que todos temos que nos envolver nesta luta.

Esta máquina está a operar em diversas ruas da cidade, bem como nas freguesias. Para José Carlos Rolo, “a utilização deste equipamento é uma mais valia para os trabalhos de manutenção ambiental no concelho, inserindo-se na nossa estratégia de redução das emissões atmosféricas. Estamos satisfeitos, pois garante-nos uma melhor prática com vista à maximização da sustentabilidade ambiental”.

Refira-se entretanto, que é intenção do Município aderir em breve à campanha “autarquias sem glifosato” da associação ambientalista Quercus, comprometendo-se a abandonar o uso de quaisquer herbicidas à base da substância ‘glifosato’. Enquanto isso, espera-se para breve a colocação de relógios à entrada de algumas praias com a indicação dos raios ultravioletas do dia, contendo diversas escalas.

Autor: Câmara Municipal de Albufeira

PUBLICIDADE