Diversos

VINTE OPERACIONAIS EM TERRA E NA ÁGUA COM MERGULHOS E UM DRONE TENTAM ENCONTRAR O JOVEM DESAPARECIDO NA PRAIA DA PRAINHA, EM ALVOR

Comandante do Porto de Portimão, Rodrigo Paços, diz ao Litoralgarve, que “não conseguimos prever quando poderemos encontrá-lo”. Vinte operacionais, com o apoio de três embarcações da Polícia Marítima, dos Bombeiros Voluntários de Portimão e do Salva-Vidas da Estação de Ferragudo (Lagoa) do Instituto de Socorros a Náufragos, e um drone, passam tudo a pente fino, desde a zona de Barranco das Canas até à barra de Alvor.

Capitania do porto de Portimão

“Manteremos esforços durante os próximos dias na tentativa de localizar o jovem desaparecido”, mas “não conseguimos prever quando poderemos encontrá-lo”, afirmou, ao final da tarde, cerca das 20.50 horas desta quinta-feira, dia 28 de Maio, ao Litoralgarve, o comandante do Porto de Portimão, Rodrigo Paços, numa altura em que ainda decorriam as operações de buscas iniciadas pelas 06.30 horas para encontrar José Moniz, de 25 anos e nacionalidade angolana, que na passada terça-feira se lançou ao mar na praia da Praínha, zona de Alvor, mesmo sem ter experiência em nadar, para tentar salvar António Duarte, de 69 anos, que acabou por falecer já no areal, após paragem cardiorrespiratória.

Seis mergulhos e sete voos de um drone

drones Archives - Bombeiros Portugueses

As buscas realizadas nesta quinta-feira, “por terra, no espelho de água e subaquáticas”, incidiram desde a zona do Barranco das Canas até à barra de Alvor, com um total de vinte operacionais e três embarcações da Polícia Marítima, dos Bombeiros Voluntários de Portimão e da Estação de Ferragudo (Lagoa) do Instituto de Socorros a Náufragos, “tendo sido efetuados seis mergulhos e sete voos de um drone”, explicou ao ‘Litoralgarve” o comandante Rodrigo Paços. Está a ser “tudo”, incluindo grutas, passado a pente fino, frisou o comandante do Porto de Portimão. As operações serão retomadas pelas 06.30 horas de sexta-feira, dia 29 de Maio, nesta zona do barlavento algarvio.

Autor: José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta