Diversos

CÂMARA DE FARO APROVA ATRIBUIÇÃO DE MAIS DE 840 MIL EUROS A ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO

Apoios municipais estendem-se a associações de âmbito desportivo, juvenil, cultural, social e de defesa animal. Município reforçou o apoio ao Programa Municipal de Apoio ao Associativismo com uma verba de 916.300 euros em 2020

A Câmara Municipal de Faro aprovou em Reunião de Câmara (sessões de 1 e 3 de Junho) a atribuição de apoios financeiros num montante superior a 840 mil euros (€ 843.027,30) ao movimento associativo do concelho. Deste valor, 370.347,40 euros destinam-se a associações de âmbito desportivo e juvenil, enquanto entidades do sector cultural vão receber da autarquia 236.463,67 euros e associações da área social uma verba de 226.593,58 euros. O Município destinou ainda uma verba de 9,622,65 euros às associações de defesa da causa animal.

No que respeita ao desporto e Juventude, e em harmonia com o Regulamento de Apoio ao Associativismo do Concelho de Faro, o Município vai atribuir verbas, para o ano de 2020, no valor total de 346.597,40 euros, a 48 associações de âmbito desportivo e 23.750 euros a seis associações juvenis.

No âmbito cultural, a autarquia vai atribuir um valor de 186.300 euros, como forma de apoio à atividade regular de 46 associações do sector. Além deste apoio, a Câmara aprovou ainda candidaturas de cinco associações, no valor de 23.706,05 euros, para ajuda à modernização e beneficiação de instalações e de outras oito entidades, no montante de 21.457,62 euros, para apoio ao arrendamento dos respetivos espaços. Também o Grupo Folclórico de Faro vai receber uma verba de 5 mil euros para apoio à compra de uma viatura usada.

Já no que se refere ao associativismo social, o Município vai atribuir, para o ano de 2020, um montante total de 226.593,58 euros a 33 entidades. Desse valor, 72.527,26 euros correspondem a despesa corrente e 154.066,32 euros a despesa de capital (medidas e/ ou atividades).

A Câmara Municipal de Faro, recorde-se, reforçou os apoios ao Associativismo com uma verba acrescida de 916.300 euros (verba que contempla também um conjunto de apoios pontuais) por entender que a crise provocada pela pandemia da COVID-19 deixou marcas severas no movimento associativo do concelho, quer na área cultural, social, desportiva e juvenil, sem esquecer a defesa da causa animal.

Estas associações enfrentaram uma paragem longa e quase total das respetivas atividades e, assim, registaram também uma quebra abrupta das respetivas fontes de rendimento.

Com este apoio suplementar ao Programa Municipal de Apoio ao Associativismo, a autarquia pretende ajudar a estimular o movimento associativo, contribuindo para que estas instituições possam continuar a desenvolver as várias atividades nas mais variadas áreas e a dinamizar de forma fundamental a cidade e o concelho, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural e desportivo das várias gerações de munícipes farenses.

Autor: Câmara Municipal de Faro

Deixe uma resposta