Sociedade

COMO ESTÁ A EVOLUIR O NOVO CORONAVÍRUS COVID-19 A NÍVEL NACIONAL E NO ALGARVE – DIA 02 DE JUNHO DE 2020

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, é este o ponto de situação do novo coronavírus Covid-19 no dia 02 de Junho de 2020, em Portugal:

– Número total de casos confirmados acumulados – 32.895  (mais 195 do que no dia 01 de Junho de 2020)

– Número total de recuperados – 19.869  (mais 317do que no dia 01 de Junho de 2020)

– Número total de internados – 432  (menos 39 que no dia 01 de Junho de 2020)

58 em Unidades de Cuidados Intensivos (menos 06 do que no da 01 de Junho de 2020)

– Número total de casos suspeitos acumulados desde 01/01/2020 – 328.873  (mais 2.595 do que no dia 01 de Junho de 2020). Do total destes casos suspeitos, 294.112 não se confirmaram (mais 2.254 do que no dia 01 de Junho de 2020).

Entretanto, 1.886 pessoas (mais 166 do que no dia 01 de Junho de 2020) aguardam os resultados laboratoriais aos testes efetuados, ao mesmo tempo que 28.064  (mais 106 do que no dia 01 de Junho de 2020) estão sob vigilância pelas autoridades de saúde.

– Número total de óbitos – 1.436 (mais 12 do que no dia 01 de Junho de 2020)

A Região Norte continua a ser a mais afetada pelo novo coronavírus, com 16.789 casos de infeção acumulados (mais 29 do que no dia 01/06/2020) e 795 óbitos (mais 04 do que no dia 01/06/2020), seguida da Região de Lisboa e Vale do Tejo, com 11.493 casos (mais 351 do que a 01/06/2020) e 370 mortes (mais 13 do que no dia 01/06/2020), e da Região Centro que regista 3.753 casos (mais 09 do que a 01/06/2020) e 240 falecimentos (mais 02 do que no dia 01/06/2020). Já o Alentejo apresenta 260 casos (mais 01 do que a 01/06/2020) e um óbito.

Na Região dos Açores existem 137 casos de infeção acumulados e 15 óbitos. E na Madeira, são 91 casos e nenhum óbito até ao momento.

ALGARVE

Não há registo de mais pessoas com Covid-19

É 372 o número total de casos de infeção acumulados desde o início desta pandemia na região algarvia, de acordo com relatório da Direção-Geral da Saúde publicado no dia 02 de Junho de 2020. Ou seja, não há registo de mais pessoas com o novo coronavírus.

Total de óbitos  mantém-se em 15

Os casos conhecidos são:

 – 1 em Portimão

 – 1 em Quarteira, no concelho de Loulé

–  5 em Boliqueime, no concelho de Loulé

 – 1 no concelho de São Brás de Alportel

–  2 em Vila Real de Santo António

 – 2 no concelho de Albufeira

–  2 no concelho de Lagoa

Mantêm-se 292 pessoas recuperadas

Casos de recuperação conhecidos no Algarve:

– 69 no concelho de Loulé

– 58 no concelho de Albufeira

– 48 no concelho de Faro

– 37 no concelho de Portimão (mais 02), informa a Câmara

  Municipal

 -25 no concelho de Tavira

– 14 no concelho de Vila Real de Santo António

13 no concelho de Silves

– 12 no concelho de Olhão 

– 07 no concelho de Lagoa

– 04 em Lagos

– 02 no concelho de Castro Marim

– 01 no concelho de Monchique

– 02 no concelho de São Brás de Alportel

Olhão com mais casos de infeção e o presidente da Câmara Municipal indignado com um grupo de cinco jovens que decidiu participar numa festa de desconfinamento

No concelho de Loulé, segundo informações recolhidas, existem 96 casos de infeção acumulados desde o início da pandemia, seguindo-se Albufeira, com 76 confirmados. Nas posições seguintes mantêm-se Faro (55), Tavira (34) e Silves (20).

Vila Real de Santo António continua com o registo de 17 casos de infeção confirmados acumulados e Olhão apresenta 14.

A propósito desta situação, o presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina, escreveu o seguinte no Facebook: “Dois casos de Covid – Quando o nosso concelho caminhava para a recuperação total de casos Covid confirmados, num total de 12, durante a semana passada, foi dado a conhecer a existência de um novo caso Covid. Tratando-se de um caso expectável, de uma pessoa que coabitava com um caso confirmado, apenas aguardavamos o resultado das análises. Esta situação não representa perigo comunitário, uma vez que estava em confinamento e cumprindo todas as medidas de segurança.

Quanto ao novo caso, confirmado no dia 01/06/2020, contrariamente ao que tem sido o comportamento geral dos olhanenses, e em desrespeito pelo sacrifício de todos, numa atitude egoísta e irresponsável, resulta de um grupo de 5 jovens adultos, na casa dos 30 anos, que decidiu deslocar-se para fora da região, para participar numa festa de desconfinamento. Na sequência dessa atitude inqualificável, todos os 5 se submeteram ao teste, tendo resultado positivo para um deles, aguardando-se os resultados dos restantes. A situação, que está a ser acompanhada, merece a reflexão de todos para uma atitude responsável, como até aqui, mas também de participação cívica, na promoção e responsabilização dos nossos pares, pelo cumprimento das medidas de desconfinamento. Não queremos, nem podemos dar um passo atrás.”  

Por outro lado, o concelho de Lagoa tem 09 casos de infeção confirmados acumulados. Portimão conta apenas com uma pessoa cujos testes revelam positivo, de acordo com a informação prestada pela Câmara Municipal. Castro Marim já tem recuperados os 02 casos de infeção que havia no concelho. Em Lagos, também já não existem casos ativos, estando recuperados os 04 doentes registados. Por seu turno, o concelho de São Brás de Alportel, como temos referido, passou a constar das estatísticas divulgadas pela Direção-Geral da Saúde, com 03 casos de infeção. Dois deles já estão dados como recuperados. No concelho de Monchique também está recuperado o único caso de infeção registado. Apenas os concelhos de Vila do Bispo, Alcoutim e Aljezur continuam livres deste vírus.

Recorde-se que o Boletim Epidemiológico diário da Direção-Geral da Saúde indica, apenas, o “total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 91 por cento dos casos confirmados.” E quando os casos confirmados são “inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados”. Daí poder existir discrepância entre números divulgados.

Autor: José Manuel Oliveira

Deixe uma resposta