Diversos

Lagos reforça apoios à prática desportiva

Mais de um milhão de euros é quanto a autarquia lacobrigense está disposta a investir para fomentar a prática desportiva, alargando o universo das entidades a apoiar, assim como o âmbito das atividades que poderão contar com o suporte financeiro e logístico do Município, o qual passará a contemplar não só a Formação, como as vertentes da Especialização, Recreação, Competição e Espetáculo.

Esta evolução de formato fez com que o documento orientador passasse a designar-se Programa de Apoio ao Desporto, uma vez que engloba a componente do apoio ao associativismo (PFAAD – Programa de Formação e Apoio ao Associativismo Desportivo) já existente nas épocas desportivas anteriores, mas também um novo capítulo, o Programa de Apoio a Outras Iniciativas de Interesse Municipal (PAOIIM).

Novidade são também as três novas medidas de apoio financeiro que irã comparticipar: com 5 mil euros, os projetos inovadores desenvolvidos com a comunidade que visem o desenvolvimento de uma modalidade através de parceria com a comunidade local; com 100 mil euros, os atletas ou equipas que pelos resultados e mérito desportivo, representam a modalidade e a cidade de Lagos a nível nacional ou internacional (patrocínio desportivo); e, com também 100 mil euros, os eventos e atividades de relevância de âmbito nacional ou internacional, organizados fora do âmbito associativo local e que, pela sua dimensão, promovem o desporto espetáculo.

A manter são os apoios já anteriormente concedidos como: a cedência de instalações desportivas, que representa para o Município uma despesa de 507 mil euros, dos quais 94% são respeitantes às utilizações pelo associativismo desportivo (provas e competições); a cedência de viaturas municipais (mediante um crédito que permite a realização de 141 900 Kms); a comparticipação financeira, num montante global de 150 mil euros, para a construção, ampliação e/ou reabilitação de instalações desportivas e apetrechamento das mesmas relativamente aos clubes que pela especificidade das suas modalidades não utilizam as instalações desportivas municipais; a comparticipação global de 150 mil euros para a organização de eventos e atividades de relevo, assim como projetos especiais (Desporto Adaptado) dinamizados pelos clubes locais; o reembolso dos montantes relativos às taxas federativas, às mensalidades pagas pelos atletas dos escalões de formação e das despesas feitas com transportes próprios dos clubes; e, ainda a comparticipação financeira nas despesas com o Coordenador Técnico, a formação de técnicos e dirigentes, a aquisição de material de desgaste, de ordem associativa e manutenção de viaturas.

O somatório das medidas de apoio a vigorar na época desportiva 2019/2020 acarretam uma despesa global de 1.191.340,27€, um investimento que, segundo Hugo Pereira, presidente da Câmara se justifica atendendo aos objetivos e metas traçados no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Lagos, aos bons resultados obtidos com o programa nas épocas desportivas anteriores e à necessidade de se passar a apoiar, com medidas específicas, as equipas e os atletas que se destacam entre os demais, atingindo patamares competitivos de excelência, para os ajudar a fazer face ao esforço acrescido que lhes é exigido do ponto de vista técnico, físico, logístico, financeiro e de disponibilidade.

Este programa distingue-se ainda pela forma como é preparado, implementado e monitorizado, uma vez que todo o processo é dinamizado com a participação ativa dos agentes desportivos, designadamente dos clubes desportivos do concelho.

Autor: Câmara Municipal de Lagos

Deixe uma resposta