Sociedade

Crianças de Vila do Bispo alertam para os maus tratos na infância

A Praça do Município transformou-se hoje, 30 de abril, num enorme laço azul humano para alertar a comunidade que a melhor forma de tratar o problema dos maus tratos na infância é impedir que estes aconteçam.

Esta iniciativa, realizada pelos alunos do Jardim de Infância de Vila do Bispo, marcou o encerramento das atividades desenvolvidas no âmbito da campanha nacional Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, que este ano teve como lema “Serei o que me Deres… Que seja Amor!”.

As restantes atividades decorreram junto dos alunos do Agrupamento de Escolas do município onde os alunos do pré-escolar foram presenteados com a atividade lúdico-pedagógica “Contos com direitos”. Já os alunos do 1.ºciclo assistiram ao filme “A Minha Vida de Courgette”, seguido de debate. Por seu turno, os alunos da Escola E.B. 2,3 de Vila do Bispo assistiram ao filme “O Principezinho”, seguido também de debate.

Destaque ainda para a realização do seminário “Os Direitos da Criança“ que decorreu no Centro Cultural de Vila do Bispo e do Laço Azul que foi hasteado na fachada do referido edifício.

Dinamizadas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Vila do Bispo (CPCJ), com o apoio da Câmara Municipal, estas ações tiveram como objetivo consciencializar a comunidade para o seu papel na prevenção do abuso infantil, bem como promover nas famílias o exercício de uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal ou física.

A CPCJ de Vila do Bispo agradece a colaboração da GNR do Posto Territorial de Vila do Bispo na elaboração do laço azul humano.

À mesma hora a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens também realizou um laço humano na Assembleia da República. Desta forma pretende-se sensibilizar e também lembrar a nossa responsabilidade coletiva e comunitária para a prevenção dos maus tratos.

Acompanhe toda a atividade da CPCJ de Vila do Bispo através do facebook: https://www.facebook.com/cpcjviladobispo/

Autor: Câmara Municipal de Vila do Bispo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *