Diversos

Na “Hora do Planeta” Portimão desliga as luzes de edifícios municipais e reforça a aposta de otimização energética na iluminação pública

O Município de Portimão volta a associar-se à “Hora do Planeta”, iniciativa reconhecida como a maior campanha ambiental do mundo, e entre as 20h30 e as 21h30, num gesto simbólico, irá desligar as luzes exteriores de alguns edifícios municipais e locais públicos nomeadamente dos Paços do Concelho; Museu de Portimão; Mercado da Av.ª S. João de Deus; Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes; Casa Manuel Teixeira Gomes e os Complexos Desportivos de Alvor e da Mexilhoeira Grande.

O repto será também lançado a todos os munícipes para que, durante estes 60 minutos, desliguem também as luzes da sua casa ou empresa num ato simbólico de preocupação ambiental.

Como compromisso “Para além da Hora e Eu faço se tu fizeres” e no seguimento da aposta que tem vindo a fazer, o Município em 2019, irá continuar a investir na substituição das luminárias de sódio na iluminação pública e equipamentos desportivos municipais por equivalentes em LED. Essa alteração já foi feita ao nível da iluminação do Complexo Desportivo de Alvor (piscina e campo de ténis) sendo que a nível dos arruamentos o destaque vai para a substituição de toda a iluminação da V6 (Rotunda do Max Mat até Rotunda Três Castelos) e V3 ( no troço entre a Rotunda Três Castelos até Rotunda da Marina) para LED´s , bem como a iluminação da fonte da Rotunda dos Três Castelos.

Está ainda em curso um projeto de substituição da iluminação de várias praças, nomeadamente a Rotunda Salgueiro Maia e Largo 1º de Maio para além de um projeto para substituição de 3.000 iluminarias públicas para LED´s o que significa  uma poupança final de cerca de 50%.

Salienta-se que esta tecnologia irá diminuir os custos de manutenção e assegurar uma longa vida útil das luminárias, e, não menos importante, reduzir as emissões de CO2 minimizando ainda os desperdícios de luz.

A Hora do Planeta, evento histórico da World Wide Fund For Nature (WWF), é um movimento global que une milhões de pessoas em todo o mundo para mostrarem o seu compromisso com o planeta. A iniciativa nasceu há 12 anos em Sydney, como um gesto simbólico para chamar a atenção para o problema das alterações climáticas. No ano passado, milhares de cidades em 188 países participaram nesta iniciativa que apagou mais de 12 000 monumentos e edifícios emblemáticos. Em Portugal já aderiram ao evento 120 municípios, ao desligarem as luzes dos seus principais monumentos e edifícios e luz.

Autor:Câmara Municipal de Portimão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *