Cultura

ESTE SÁBADO HÁ UMA “VENTANIA” DE ESPETÁCULOS EM PORTIMÃO

São vários os espaços em Portimão que acolhem este Sábado, dia 23 de Março, o segundo dia do “VENTANIA | Festival de Artes Performativas do Barlavento”, uma ação de ativismo artístico promovida pelo Teatro Experimental de Lagos, com o apoio do programa cultural 365 Algarve, que tem lugar nos dias 22, 23 e 24 em Lagos, Portimão e Sagres respetivamente, contando com uma programação diversificada nas áreas de circo contemporâneo, teatro, dança e cruzamentos disciplinares: música/gastronomia, música/cinema, circo/ecologia social.

O evento começa às 10h00 no Mercado Municipal de Portimão com a distribuição em grande escala de sacos de papel numa iniciativa denominada “Tome e embrulhe”. Às 11h00, também no Mercado, o clown e malabarista Thorsten Grütjen, acompanhado ao saxofone por Gil Abrantes, apresenta “O grande embrulho”, uma criação original de circo contemporâneo que reúne as linguagens de clown, dança, música e manipulação de objetos em torno de um cónico saco de papel. Será um espetáculo interativo com uma forte mensagem ecológica ‘embrulhada’ em momentos de humor, surpresa e poesia, que traz à memória um tempo em que o comércio tradicional usava o papel como embrulhos dos produtos. Estas duas ações têm entrada gratuita.

À tarde o palco do “Ventania” será o centro da cidade. Às 16h00, no Jardim 1.º de Dezembro, o Teatro Só apresenta “Sorriso” um espetáculo poético e comovente inspirado na vida comum de um velho casal para quem o amor se consumou numa vida de sorrisos.  A entrada é gratuita.

Às 17h00, no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, há proposta especialmente dirigida ao público familiar. “Uma gota de água o mundo” é uma criação original da K2 Companhia de Dança, a formação de jovens bailarinos do Ginasiano Escola de Dança, que pretende dirigir uma mensagem de cidadania sobre a realidade e distopia de um mundo sem água.  Os bilhetes estão à venda na bilheteira do TEMPO ou online em ventania.bol.pt, custam 5 euros para público geral e 3 euros para menores de 12 e maiores de 65 anos e incluem um cantil ecológico cortesia das Águas do Algarve SA.

Para terminar o dia de “Ventania” em Portimão, o restaurante Faina (junto ao Museu de Portimão) apresenta uma proposta que junta a música e a gastronomia.  “Por sons nunca dantes navegados – jantar para olhos vendados e bocas abertas” é simultaneamente um jantar e uma viagem sonora que aborda diversos timbres e intensidades propostas por instrumentos de todo o mundo, acompanhados pelos sabores da região algarvia selecionados pelo chefe Emídio Freire. O acesso é limitado a 30 pessoas e os bilhetes já estão esgotados.

Autor: Câmara Municipal de Portimão

Deixe uma resposta