Politica

Querem Fechar a Estação dos CTT, na Vila da Luz – Lagos

A privatização dos CTT, concretizada pelo anterior Governo do PSD/CDS, está a conduzir em todo o País, ao encerramento de estações de correios e à degradação do serviço postal. A administração dos CTT já informou a Junta de Freguesia da Luz a decisão do encerramento definitivo e imediato da Estação dos CTT da Freguesia.

Considerando a grande importância que a Estação dos CTT da Luz tem para a população local que serve, nomeadamente a mais idosa, actividade turística e o comércio esta decisão não serve os interesses das populações da Luz, Espiche, Almádena, Montinhos, Bela Vista, Ferrel e parte de Burgau. Desde logo, porque visa aprofundar a degradação dos serviços públicos num território turístico e que no verão triplica a sua população.

A administração dos CTT só está interessada em obter lucros com os grandes negócios (Banco CTT), deixando ao abandono as populações que há décadas utilizam este serviço público e tentando transferir essas mesmas competências para cima das autarquias ou para entidades privadas na freguesia.

Perante a degradação do Serviço Postal por todo o País – atrasos na chegada do correio, despedimento de trabalhadores, venda de património – que contrasta com os lucros dos novos donos dos CTT, o Governo PS opta pelo silêncio e age de modo a não incomodar os accionistas desta grande empresa. É preciso dizer Basta!

O PCP exige medidas que coloquem na ordem do dia a recuperação do controlo público dos CTT, melhorando o serviço postal, garantindo a sua universalidade e presença em todo o território nacional.

O PCP ao mesmo tempo que vai questionar o Governo na Assembleia da República sobre este processo, exige a manutenção da Estação dos CTT na Vila da Luz – Lagos.

 O PCP apela à mobilização e luta das populações, das Autarquias locais e dos agentes económicos da Freguesia em defesa da manutenção da sua Estação dos CTT.

Autor: PCP/Lagos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *