Diversos

GREVE NA FUNÇÃO PÚBLICA NO ALGARVE “ATINGIU 80 POR CENTO”

“Atingiu 80 por cento a greve na função pública e nas empresas municipais do Algarve” nesta sexta-feira, dia 26 de outubro de 2018. A revelação foi feita ao ‘Litoralgarve’, ao início da noite de sexta-feira, por Carlos Cabral, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e Entidades com Fins Lucrativos (SINTAP). Os sectores da saúde e da educação foram os mais atingidos. A recolha do lixo também foi afectada.

As escolas estiveram, na sua esmagadora maioria, encerradas e os hospitais funcionaram a ‘meio gás’, com os serviços mínimos garantidos. No Hospital de Faro, o bloco operatório só funcionou para urgências. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) na capital algarvia encerrou.

Convocada pela Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) e pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), esta greve nacional na função pública teve por objectivo aumentos salariais, entre três e quatro por cento, e a revalorização das carreiras profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *