Diversos Sociedade

Município de Lagos aderiu recentemente à Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE)

O Município de Lagos aderiu recentemente à Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), passando a integrar também a Rede Territorial Portuguesa de Cidades Educadoras, organismos estes que promovem a troca e partilha de experiências, no âmbito da Educação não formal em toda a sua abrangência, e que entendem a cidade como um espaço de oferta de importantes elementos para uma formação integral do indivíduo.

O Movimento Cidades Educadoras foi iniciado no ano de 1990, conta com mais de 300 municípios distribuídos por mais de 30 países dos cinco continentes, e tem como principais objetivos sensibilizar para o desenvolvimento de políticas concertadas nos diversos níveis de atuação do poder local. Portugal conta já com 70 municípios associados, sendo agora Lagos um deles.

O conceito de Cidade Educadora tem na sua génese a ideia de que educar é uma responsabilidade de toda a sociedade, e de que a Educação não se deve centrar exclusivamente na Escola, sendo um direito de todos e ao longo de toda a vida. De acordo com a Carta das Cidades Educadoras (AICE, 2004): “Todos os habitantes de uma cidade terão o direito de desfrutar, em condições de liberdade e igualdade, os meios e oportunidades de formação, entretenimento e desenvolvimento pessoal que ela lhes oferece.

Lagos como Município Educador implica uma visão e ações coerentes, a nível dos espaços e dos serviços autárquicos. Neste sentido, esta visão pressupõe uma intervenção convergente, a nível dos equipamentos sociais e culturais, e em alguns domínios como as acessibilidades, ambiente, património cultural construído, condições de base para o desenvolvimento económico, entre outros. Refira-se, a este propósito, que duas das principais atividades organizadas pela Câmara Municipal de Lagos já integram alguns dos princípios da Carta das Cidades Educadoras, nomeadamente o projeto “Saúde em Movimento” e a iniciativa “Viv´O Mercado”.

Segundo a AICE, as vantagens do Município de Lagos ao integrar esta Rede são “o aceder a um conhecimento aprofundado de projetos estruturantes em áreas fundamentais do desenvolvimento, avaliando os aspetos positivos e negativos da sua implementação e concretização, adquirindo saberes para a antecipação e resolução de problemas que são comuns aos diversos municípios, para a ampla divulgação de projetos pioneiros para que outras cidades ou regiões possam beneficiar com esse conhecimento”.

Autor: Câmara Municipal de Lagos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *