Diversos

ALBUFEIRA RECEBE SORTEIO “7MARAVILHAS – MESA” E TEM LUGAR MARCADO EM ALIJÓ

O Sorteio das 7 Maravilhas à Mesa decorreu na passada quinta feira, dia 7, numa unidade hoteleira de Albufeira, e a boa disposição não poderia ser melhor. Foi um momento primordial, na medida em que permitiu aos 49 semifinalistas estabelecerem, pessoalmente, contatos uns com os outros e ficarem a conhecer melhor o país. E se as 7 Maravilhas à Mesa começam em Albufeira, neste mesmo Município terminam, com a Gala Final a 16 de Setembro. Entretanto, Albufeira marca lugar na Semifinal de 12 de agosto, em Alijó.

“Sensações e representações à volta da mesa, é o que se pretende com este Programa. É o fazer, é o apreciar e é a paisagem que torna essa experiência possível”, referiu Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, dia 7, para encerrar o sorteio do concurso 7 Maravilhas –Mesa.

O sorteio, a cargo do auditor da empresa responsável PWC, Jorge Costa, ditou que as 7 semifinais serão em Reguengos de Monsaraz (22 de julho), Batalha (29 de julho), Viseu (5 de agosto), Alijó (12 de agosto: aqui participa Albufeira com a mesa de Albufeira e Olhos d’Água), Zambujeira do Mar (19 de agosto), Tomar (26 de agosto) e Lagoa (2 de setembro). A Final é em Albufeira, a 16 de Setembro. Todas estas Galas serão transmitidas pela RTP aos domingos, após o telejornal.

Albufeira está neste concurso com a Mesa de Albufeira e Olhos d’Água, a qual evidencia a ligação entre o mar e o campo, exibindo ouriços e a sua tradicional cataplana, assim como as laranjas e os vinhos rosé Vida Nova 2017 e Vinho Onda Nova Branco 2014, produzidos na Adega do Cantor, proporcionando não só a oportunidade de conhecer os olheiros de água doce que brotam no mar, assim como a tranquilidade e a excelência dos produtos rurais da Quinta do Mel, nas Açoteias.

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira enalteceu a importância desta iniciativa, na medida em que dá a conhecer “um Portugal maravilhoso, mas que curiosamente não é do conhecimento de todos os portugueses. No ano passado, Paderne saltou para a ribalta e este ano, vão saber que não são apenas as praias que fazem de Albufeira um local diferenciado para férias. Temos práticas, tradições, temos paladares únicos e modos ancestrais de os fazer, o que faz de Albufeira uma realidade incomparável.” José Carlos Rolo, na qualidade de anfitrião, estreitou já laços com os restantes Municípios com os quais Albufeira se vai defrontará à mesa.

“Este é um concurso complexo porque não trata apenas de comida”, salientou por sua vez o presidente deste projecto, Luís Segadães. Explicou: “É o que se saboreia e porquê, o que se bebe e por onde se passeia para se saber de onde provêm tudo quanto é essa maravilha à mesa. Este desafio foi aceite por todo o país e quando nos deparamos com a qualidade que todos os concelhos oferecem, ficamos espantados com a imensa riqueza que é Portugal”.

Entre os diversos convidados, alguns foram seleccionados para apoiarem no sorteio, conduzido pelo apresentador Tiago Ferreira. Foi o caso de Fernando Correia, escritor e comentador desportivo, padrinho da Aldeia de Paderne, de Jose Santos, presidente da APAL – Agencia de Promoção de Albufeira, de Filipa Sousa, cantora deste município  e vencedora do Festival da Canção em 2012 e ainda, um dos mais recentes munícipes de Albufeira: Tony Carreira.

Com o objectivo de dar a conhecer a Mesa de Albufeira, diversos jornalistas usufruíram, no dia seguinte, dos encantos da costa de Albufeira a bordo de um barco, e apreciaram algumas dessas maravilhas gastronómicas. Refira-se que este projeto conta com o Alto Patrocínio do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, da Secretaria de Estado do Turismo, e da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino.

Autor: Câmara Municipal de Albufeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *