Cultura

Inauguração das exposições “Tesouros do Mar” e “Uma maré cheia de histórias” encerram comemorações do 10º Aniversário do Museu de Portimão

No próximo sábado, dia 26 de maio, realiza-se às 17h00, a inauguração das exposições “Tesouros do Mar”, de Vera Christians, e “Rio Arade – Uma maré cheia de Histórias”, pelo Museu de Portimão. Estas duas iniciativas marcam o término do programa das comemorações do 10º Aniversário do equipamento, que decorreu durante o mês de maio.

“Tesouros do Mar”

No hall do museu ficará patente o conjunto de obras da artista de origem alemã, que reflete aspetos da vida marinha. Vera Christians, a viver no Algarve, assume a enorme influência que a região tem no seu trabalho. Aqui tem experimentado a natureza de uma forma muito próxima, sentido o calor, a luz, as cores, o ar puro, o oceano e a vida marítima. A atmosfera e a vida vibrante dos mercados locais, os pratos de peixe e mariscos representam para ela verdadeiros tesouros do mar que  merecem, segundo a pintora, todo o respeito e protecção.

 “Rio Arade – Uma maré cheia de Histórias”

É uma mostra que ficará patente no exterior do museu e representa um convite à descoberta de algumas das histórias das muitas civilizações e povos, que ao longo do tempo se cruzaram nas águas e margens do rio Arade, permitindo ao público, assumir-se como observador privilegiado das suas atividades económicas, culturais e desportivas, numa viagem às diferentes e renovadas formas da sua utilização. Ilustra um percurso singular entre trabalho, festa, força de braços, remos, velas e motores, entre memórias e transformações inspiradoras de uma intensa e dinâmica relação de aproximação entre o rio Arade e as suas comunidades, que persiste até aos dias de hoje.

Inaugurado em 2008, o Museu de Portimão recebeu nesse ano uma menção honrosa na categoria “Melhor Museu Português”, pela Associação Portuguesa de Museologia, e no ano seguinte pelo Turismo de Portugal, na categoria “Novo Evento Público”. Em 2010 foi distinguido internacionalmente com o prestigiante prémio “Museu Conselho da Europa” e em 2011 com o prémio “DASA – Mundo do Trabalho 2011”. Ainda nesse ano foi premiado pelo filme “À conversa com Manuel Teixeira Gomes”, no Festival Tour Film Brazil 2011, realizado em Florianópolis, com a “Arara de Prata – Jovens Talentos”. Em 2015 voltou a ser distinguido pela Associação Portuguesa de Museologia com o prémio “Inovação e Criatividade”, pelo projeto “A nossa cultura sai à rua”.

 Com a reconversão da antiga fábrica de conservas em “fábrica de histórias”, o Museu de Portimão surge como um local especificamente vocacionado para o estudo e promoção da identidade cultural e social da Comunidade Portimonense, da evolução e singularidade do seu percurso histórico e para a prestação de um conjunto de serviços, aberto a todos os cidadãos, à sua formação, fruição e iniciativa.

A forte proximidade com a comunidade local permitiu ao Museu de Portimão constituir-se como um importante e dinâmico laboratório de ideias e projetos para a afirmação do território do Município revelando-se uma mais-valia turística para toda a região algarvia. Realizou entre 2008 e 2018 mais de 60 exposições e recebeu cerca de 560.000 visitantes de inúmeras nacionalidades.

Autor: Câmara Municipal de Portimão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *